The Shannara Chronicles: MTV investe em ótima saga épica

The Shannara Chronicles: veja promo do penúltimo episódio da temporada
 

 

spoilerEm um momento em que a televisão americana tem prestigiado e incentivado a produção de séries épicas, como Game Thrones e Vikings, o canal MTV teve a boa ideia de lançar à adaptação televisiva da saga literária homônima escrita por Terry Brooks. Com ares mais juvenis,The Shannara Chronicles preencheu a lacuna de apresentar um conteúdo ficcional com toques mágicos e cenas de violência mais amenas.

Confira entrevista com o elenco da série

Ambientada no futuro, a narrativa mostra a Terra sendo comandada por elfos. Quando o temido demônio Dagda Mor é libertado, a princesa Amberle Elessedil (Poppy Drayton) parte em uma missão para salvar a árvore mágica – chamada Ellcrys – e restabelecer a paz das Quatro Terras. Para isso, ela conta com a ajuda de Will, um híbrido de elfo, e a humana Eretria (Ivana Baquero).

The Shannara Chronicles

Triângulo amoroso composto por Will, Amberle e Eretria

Apesar de conter uma trama repleta de elementos de fácil identificação com o público como um confuso triângulo amoroso, uma princesa sofredora e um reino repleto de traição, a série conta com diversos fatores que contam a seu favor. O poder feminino que está tão presente na televisão americana atualmente é um bom exemplo.

Durante toda a primeira temporada, todas as decisões sobre o futuro da missão foram tomadas por Amberlee e Eretria. Will (Austin Butler) tornou-se um mero coadjuvante que pendia entre duas mulheres independentes e autossuficientes. Para ele, restou apenas ajudá-las em momentos de perigo quando a força era fundamental.

Além disso, The Shannara Chronicles conseguiu encontrar um eixo necessário para que a história não se tornasse uma romance adolescente piegas. A fantasia que permeia a história permite que personagens sejam mortos sem ressentimentos, as responsabilidades são escolhidas antes de qualquer romance e a traição é um fator sempre discutido quando o poder é desejável

Acompanhe mais notícias do seriado

Com o sacrifício de Amberlee, em torna-se parte da Ellcrys – Will partirá para uma nova jornada em busca de Eretria. A humana, por sua vez, estará presa nas garras de novos inimigos e uma nova força do mal, desta vez comandada por Bandon (Marcus Vanco) surgirá para ameaçar os elfos.

Amanda Negrini
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Especialista em cultura pop, é autora da tese "A Evolução das cantoras Pop Americanas: a criação de Madonna e a inovação de Lady Gaga".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *