SDCC 2016: crítica de Powerless, Frequency e Time After Time

Glee: assista às primeiras cenas da quinta temporada 2

  • De San Diego

O Preview Night da Comic-Con 2016 contou com a exibição dos pilotos das séries Powerless, FrequencyTime After Time e Riverdale.

O Pop Séries! assistiu aos primeiros episódios e fez uma análise do que esperar dessas novas atrações.

Comic-Con 2016: confira a programação do evento

Confira abaixo:

Guia de estreias: conheça as novas séries que chegam à TV 1Powerless (NBC)

Protagonizada por Vanessa Hudgens, o seriado acompanha a vida de uma agente de seguros especializada na cobertura de acidentes que envolvem pessoas com superpoderes.

Assista ao trailer de Powerless

Ela acaba se tornando uma heroína na comunidade, mesmo sem possuir dons extraordinários ao passo que tenta amenizar os efeitos colaterais causados pelos heróis no dia a dia das pessoas comuns. Sem muitas aparições especiais de nomes consagrados da DC Comics, a comédia consegue trazer uma trama bem elaborada, que explora uma perspectiva inédita no gênero. No mais, Hudgens conquista pela simpatia no papel.

O elenco conta também com a participação de Alan Tudyk, Danny Pudi e Christina Kirk.

Frequency (CW)

Frequency mostra a história de uma policial que descobre que pode conversar com o seu pai (Riley Smith), morto em 1996, por meio de um misterioso rádio. A série é protagonizada por Peyton List, que já trabalhou para o canal em séries como The Tomorrow People e The Flash.

Veja o promo de Frequency

Mesmo com a temática inesperada, ainda é difícil prever um futuro promissor para a história. Raimy tenta evitar a morte do pai o alertando sobre detalhes de seu assassinato, mas o perigo pode morar na própria divisão que ela trabalha. Resta saber se o enredo será suficientemente forte para capturar a atenção dos telespectadores.

Jeremy Carver, um dos responsáveis pelo sucesso de Supernatural, assina a produção do show.

Time After Time (ABC)

Baseada em uma obra homônima, a história narra a saga do escritor H.G. Wells (Freddie Stroma) que viaja no tempo com a missão de capturar o notório assassino Jack o Estripador (Josh Bowman).

O enredo de ficção não é original, mas brinca de maneira sutil e inteligente com as diferenças entre gerações. Além disso, consegue criar uma boa trama de gato e rato ao passo que o protagonista inicia uma busca implacável pelo serial killer no século 21. Josh pode ter ganhado fama com Revenge, no entanto quem brilha na trama é Freddie.

Confira prévia de Time After Time

O elenco conta com a participação de Genesis Rodriguez e Regina Taylor.

Riverdale (CW)

A trama adolescente gira em torno de um assassinato em uma pequena cidade dos EUA. Três amigos  – Archie, Betty e Veronica – são envolvidos no mistério e, ao mesmo tempo, tentam explorar as suas juventudes neste cenário pitoresco e misterioso.

Assim como outras séries do gênero transmitidas pelo canal, não há muitas surpresas no eixo narrativo explorado pela produção. A fotografia pode ser diferente, mas as motivações continuam as mesmas que cercam o mundo juvenil.

Destaque para o retorno de Luke Perry (Barrados no Baile) à TV.

Confira mais notícias da Comic-Con 2016

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Newsletter do Pop Séries!Inscreva-se
+ +