Magnífica 70: elenco comenta segunda temporada

Magnifica 70 elenco

 

A produtora dos filmes mais polêmicos da década de 1970 reabriu as suas portas! A partir do dia 02 de outubro, o canal HBO exibirá a segunda temporada de Magnífica 70, às 22h.

Magnífica 70: assista ao promo da segunda temporada

O Pop Séries! assistiu ao episódio de estreia e conversou com Simone Spoladore (Dora), Marcos Winter (Vicente), Maria Luisa Mendonça (Isabel) , Adriano Garib (Manolo), com o diretor Claudio Torres e com Maria Angela de Jesus, da HBO América Latina.

Acompanhe os melhores momentos do bate-papo abaixo:

Expectativas da segunda temporada

A trama começará um ano e meio após os últimos acontecimentos do primeiro ano e os protagonistas vão passar por muitas mudanças em suas vidas. Prepare-se para novos romances e alguns mistérios.

“Nós iremos acompanhar os dez últimos dias da filmagem, ao mesmo tempo em que teremos flashbacks mostrando o que aconteceu neste intervalo de tempo e a transformação dos protagonistas”, afirmou o diretor Claudio Torres.

Magnífica 70: a série que Nelson Rodrigues não teve a oportunidade de escrever

A Máquina do Amor

Na trama, Vivente será obrigado por sua chefe a produzir um filme ufanista, que exaltará todos os benefícios da ditadura. O que ninguém imagina é que eles realizaram dois filmes ao mesmo tempo: uma produção comercial e outro que será inscrito em Cannes.

O ator Marcos Winter afirmou que a atração continuará mantendo diversas referências ao trabalho de Nelson Rodrigues. “Os quatro magníficos mergulharão em um universo muito mais profundo. Então, pode-se imaginar que as relações rodriguianas estarão mais cortantes e mais desesperadoras.”

Nos próximos episódios, Dora Duran estará em uma fase muito complicada de vida. Após trabalhar para a televisão e viajar para a Europa, a atriz estará completamente sem rumo e viciada em cocaína. “Ela passará uma temporada no inferno. Dora perde toda a sua referência pessoal, porque ela matou o Larsen. Isso mexe com toda a sua parte psíquica”, refletiu Simone Spoladore.

Já Isabel, interpretada por Maria Luiza Mendonça, estará livre de todo o julgamento ditatorial de seu pai e isso fará com que a personagem se torne mais corajosa. “Ela vem de uma educação dos anos 50, toda travada e vai se libertando. Isabel é uma mulher muito atual, isso é um empoderamento. É uma delícia fazê-la porque eu posso matar quem eu quero e não sou presa”, confessou a atriz.

Unidade Básica: canal Universal aposta em série médica

Novos personagens

Felipe Arib viverá Santos, um delegado que estará obcecado em solucionar a morte de Larsen. Para isso, ele pressionará Dora a voltar para produtora e trabalhar como sua informante.

Ao mesmo tempo, Taumaturgo Ferreira interpretará Bruno Gonçalvez, um polêmico apresentador de TV que defende a ditadura militar, a família e a igreja. Porém, o personagem mantém um vida particular repleta de segredos. Ele é viciado em cocaína e promove orgias com seus poderosos amigos e belas garotas que sonham ser estrelas de TV.

Recepção no exterior

A primeira temporada de Magnífica 70 foi exibida no Reino Unidos e nos Estados Unidos. Segundo Maria Angela de Jesus, da HBO América Latina, o resultado foi positivo. “É óbvio que nós acreditamos na série e apostamos no conteúdo. Entretanto, foi muito satisfatório despertar o interesse do público internacional com um tema tão local”.

1 Contra Todos: conheça a nova série

De acordo com Torres, os países da América Latina também gostaram da série por se identificar com a narrativa. “México, Chile e Argentina também passaram por ditaduras, também sofreram com a censura e muitos desses países fizeram cinema dessa maneira”, finalizou.

Amanda Negrini
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Especialista em cultura pop, é autora da tese "A Evolução das cantoras Pop Americanas: a criação de Madonna e a inovação de Lady Gaga".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *