3%: conheça a série brasileira da Netflix

3% coletiva.

O elenco de 3% concedeu uma entrevista coletiva para divulgar a primeira temporada da série.

Ambientada no Brasil, os oito capítulos acompanham o cotidiano de um mundo pós-apocalíptico, depois de diversas crises que deixaram o planeta devastado.

Assista ao trailer de 3%

Os protagonistas terão como sonho morar uma região abundante chamada Mar Alto. Entretanto, somente 3% dos candidatos são aprovados no processo, que testa os limites dos participantes em provas físicas e psicológicas e os coloca diante de dilemas morais.

Bianca Comparato estrela a nova série da Netflix. Crédito: Pedro Saad/Netflix

Bianca Comparato estrela a nova série da Netflix. Crédito: Pedro Saad/Netflix

O criador do programa, Pedro Aguilera, comentou que o roteiro foi baseado em obras literárias como 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley. O projeto começou em 2009 e, primeiramente, foi produzido como websérie até ser adquirido pela Netflix.

A série trabalha com a ideia de distopia, ou seja tem uma sociedade imaginária que é controlada através de uma sistema de opressão. “O Brasil é uma verdadeira distopia, em que temos tanta segregação e tanta desigualdade. A série mostra um futuro que ao mesmo tempo é o nosso presente, como Black Mirror. Há um teor político neste conflito que envolve 3 versus 97%”, comentou a atriz Bianca Comparato.

O ator João Miguel, que vive Ezequiel no seriado, comentou sobre as contradições de seu personagem. “Ele é um homem que escolhe essas novas pessoas, que tem o domínio da situação. O interessante é observar a relação do ser humano com o poder e a fragilidades que isso causa”.

Saiba mais sobre 3%

O elenco ainda conta com a participação de Michel Gomes, Rodolfo Valente, Rafael Lozano, Vaneza Oliveira, Viviane Porto e Mel Fronckowiak.

Os episódios serão disponibilizados no dia 25 de novembro.

Amanda Negrini
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Especialista em cultura pop, é autora da tese "A Evolução das cantoras Pop Americanas: a criação de Madonna e a inovação de Lady Gaga".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Newsletter do Pop Séries!Inscreva-se
+ +