HTGAWM: 3ª temporada aposta em morte surpreendente

Tanto em Scandal como em How to Get Away with Murder, a autora Shonda Rhimes utiliza elementos característicos para prender a atenção do telespectador como crimes chocantes, reviravoltas mirabolantes e o uso intenso de flashbacks.

Confira mais notícias da terceira temporada de HTGAWM

Na terceira temporada de HTGAWM, a escritora decidiu eliminar da trama o personagem coadjuvante mais querido de sua protagonista, Annalise Keating. Sim, Wes foi assassinado sem misericórdia! Como em todo ano, era de se esperar que alguém do elenco tivesse o seu fim decretado, mas a escolha de Shonda foi preponderante para uma guinada na trama.

Pelo fato de Annalise considerar Wes (Alfred Enoch) um filho, o mistério do assassinato teve tons dramáticos. Presa injustamente, a advogada chegou ao fundo do poço e mostrou o seu lado mais frágil.

Estudantes buscam assassino em HTGAWM

how to get away with murder 3 temporada

Annalise Keating (Viola Davis) despede-se de Wes (Alfred Enoch).

Em cenas deprimentes, ela se autopuniu por todas as mentiras, intrigas e manipulações que realizou ao longo de sua vida. Mais do que isso, a personagem mostrou qual é o tipo de situação que algumas mulheres passam para se tornarem indestrutíveis e poderosas diante de um mundo tão hostil.

A atriz Viola Davis continua apresentando uma atuação impecável. Com isso, ainda é perceptível a diferença de seu talento com o dos demais atores. Não que eles sejam culpados. Viola encontra-se no melhor momento de sua carreira e, na maioria das vezes, não é fácil se igualar a uma profissional premiada com um Oscar.

HTGAWM: assista ao promo do season finale

Com a morte de Wes, a trama abrirá novos arcos narrativos e não é difícil imaginar que Laurel – grávida do falecido – tentará buscar vingança ao saber que seu pai ordenou a morte. Além disso, Annalise terá um longo caminho de redenção para se livrar da culpa e do alcoolismo. E mais: espere por homicídios e torça para que o seu personagem favorito não deixe a trama. No mundo de Shonda, tudo é possível e imaginável!

Amanda Negrini
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Especialista em cultura pop, é autora da tese "A Evolução das cantoras Pop Americanas: a criação de Madonna e a inovação de Lady Gaga".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Newsletter do Pop Séries!Inscreva-se
+ +