Entrevista com os protagonistas de Chicago Justice

Sephora BR

A partir do dia 2 de abril, o Canal Universal exibirá a primeira temporada de Chicago Justice. O programa é o quarto da franquia criada por Dick Wolf e acompanha o cotidiano da promotoria do estado de Chicago. Mais do que isso: o seriado possui ligações com a narrativa de Law & Order (1990-2010).

Na estreia, intitulada Fake, o público acompanhará o julgamento de um incêndio que matou 39 jovens na cidade, incluindo a filha de Olinsky (Elias Koteas). Para encontrar o culpado, o promotor Peter Stone (Philip Winchester) contará com melhor time de investigação, incluindo Hank Voight e Antonio Dawson.

Exclusivo: canal Universal estreia 5ª temporada de Chicago Fire

O Pop Séries! conversou com exclusividade com os atores Philip Winchester e Carl Weathers sobre a primeira temporada da série.

Acompanhe abaixo:

POP SÉRIES! – A primeira aparição de Peter Stone foi em Chicago P.D. em 2016. Conte-nos como foi o processo de se tornar o protagonista de Chicago Justice?

PHILIP WINCHESTER – Nós fizemos um teste em Chicago P.D. para nos certificar de que o conceito do seriado funcionaria e isso dependeria de uma boa audiência. Felizmente, o público americano gostou muito da ideia e o programa ganhou vida própria. O show conta com a maioria dos escritores de Law & Order e com um excelente time de advogados. Para compor o personagem, eu tive acesso a grupo de promotores de Cook County [Illinois] que me ajudaram a entender a realidade do mundo em que vivem. O que nós queremos é conversar com o público sobre temas relevantes, apresentar lados opostos de uma mesma questão e promover um debate.

Ator de Revenge é escalado para Chicago P.D.

* Peter Stone e Hank Voight possuem um passado complicado, já que o promotor colocou o detetive na cadeia. Em Chicago Justice, eles irão trabalhar juntos?

PW – Sim! Eles são absolutamente capazes de manter uma relação profissional. Ambos conhecem o caráter um do outro e sabem como eles se comportam diante da justiça. Não é uma relação fácil, mas ela é eficaz. Eles sempre se ajudarão no trabalho. Na estreia, por exemplo, Stone colocará a promotoria à disposição de Voight para resolver o incêndio.

*Voight costuma dizer que Stone possui uma segurança e uma ambição em vencer nos tribunais. Nós iremos conhecer um pouco mais sobre o lado humano do protagonista e as suas falhas?

PW – Sim e não (risos)! Parte do conceito de Chicago Justice é ser um procedural. Você não precisa assistir toda a semana para entender a trama. Porém, o passado de Peter será um pouco revelado. Ele é um homem divorciado, sem filhos e que dedicou sua vida a profissão. Ele também vive na sombra de seu pai [Ben Stone ], que pertence a Law & Order. Enfim, nós conheceremos algumas partes da vida dele, mas nada será aprofundado. Não vemos ele indo para casa…Ainda! O foco agora é mostrar como a justiça pode ser executada.
 

Arrow
Arrow
Slider

 
* É muito comum termos seriados sobre advogados nos Estados Unidos. Porque eles são tão populares e o que Chicago Justice trará de novo para o telespectador?

CARL WEATHERS – Eu acho que uma das razões é por conta do senso de justiça que permeia o ser humano. Acompanhar casos que envolvem pessoas inocentes ou ver criminosos sendo punidos despertam interesse em qualquer lugar do mundo. Nós gostamos de ver a justiça sendo feita, sendo casos violentos, passionais ou corporativos. A diferença de Chicago Justice é que ela é ambientada em cidade espetacular e também é realizada pelo mesmo criador de Law & Order [Dick Wolf] , que é indiscutivelmente um grande sucesso. Nós trazemos um olhar específico para os assuntos que estão sendo discutidos no momento.

* Quais serão os tipos de casos que serão abordados na primeira temporada do programa e como eles se relacionam com o mundo que estamos vivendo?

CW – Alguns episódios são muito especiais para mim. Mostramos o que acontece quando pessoas poderosas cometem crimes e como elas são julgadas. Também debatemos a violência que é gerada nas ruas de cidades grandes e como podemos lidar com problemas sociais em que somos todos afetados.

Lançamentos Netflix: programação em abril de 2017

*Como Mark conseguirá exercer sua liderança, sendo que Stone é um advogado que possui tanta personalidade?

CW – A dinâmica entre os personagens é muito boa. Mark é o chefe de Stone e foi eleito para ocupar o cargo de chefe da promotoria do estado. Ele anda por uma linha tênue em que a qualquer momento pode ser retirado do cargo. Então, ao mesmo tempo que ele tenta ser um bom líder para o Stone, ele também precisa se certificar que nada saia do seu controle e que seus parceiros consigam ganhar os casos que sejam bons para a sua imagem.

No domingo, o Canal Universal exibirá um crossover especial de Chicago: Fire, P.D. e Justice a partir das 20h15.

Assista ao promo abaixo:
 
 

Amanda Negrini
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Especialista em cultura pop, é autora da tese "A Evolução das cantoras Pop Americanas: a criação de Madonna e a inovação de Lady Gaga".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Newsletter do Pop Séries!Inscreva-se
+ +