Bones mantém carisma em sua última temporada

Bones: nona temporada é marcada por mudanças na narrativa

Bones é uma das séries que conseguiu sobreviver por diversos anos sem sofrer baixas significativas em seu elenco ou produtores. Além disso, parte de seu sucesso, ao longo de 12 temporadas, sempre esteve amparado no carisma de seus protagonistas: Emily Deschanel e David Boreanaz.

Guia de episódios de Bones

Com fãs fiéis, o seriado é um dos projetos de maior duração da Fox, que criou um fim satisfatório para a jornada de Brennan e Booth. Para isso, o show não empregou nenhum formato televisivo inovador ou então lançou um grande mistério a ser resolvido. A cada episódio, a pesquisadora forense e o agente do FBI solucionavam assassinatos intrigantes e capturavam criminosos. O roteiro inteligente e repleto de termos complexos despertou o interesse dos telespectadores em um ramo da ciência ainda pouco conhecido, ainda mais com a presença de personagens cativantes que integraram a equipe do instituto Jeffersonian.

bones zack 12 temporada

Zack é inocente? Personagem retorna na temporada final de Bones

A última temporada de Bones trouxe surpresas, recuperou mitologias e também lançou um novo serial killer. Assombrado por seu passado nas forças militares, Booth enfrentou um grande oponente, Mark Kovack, que buscava vingança pela morte do pai. O resultado foi uma caçada envolvente que resultou na morte de Max Keenan (Ryan O’Neal) e na explosão do instituto de criminalística.

O retorno de Zack (Eric Millegan) foi capaz de imprimir um tom nostálgico para os últimos episódios e Hodgins trabalhou duro para livrar o amigo das acusações que enfrentava injustamente. Outro ponto alto da trama foi o aguardado casamento de Camille e Arastoo.

No mais, Bones soube preservar a sua identidade até a conclusão. A série se manteve focada na evolução de Brennan, como ser humano, mãe e companheira. Terminou como começou: pela perspectiva de dois mundos completamente distintos, mas igualmente encantadores.

Pop Séries! entrevista o elenco de Bones

Julia Benvenuto
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. É autora da tese "A Revolução dos Losers: como o seriado americano Glee representa a juventude do século 21".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Newsletter do Pop Séries!Inscreva-se
+ +