‘O Mecanismo’ causa boicote à Netflix e revolta de Dilma Rousseff

o mecanismo 1 temporada
 

Lançada na última sexta-feira (23), O Mecanismo está gerando uma grande polêmica envolvendo à Netflix e alguns políticos brasileiros.

A série – que é dirigida por José Padilha – é inspirada na operação Lava-Jato e mostra as investigações de corrupção em empresas de petróleo e organizações estatais e privadas no Brasil.

O Mecanismo: Netflix estreia série inspirada na Lava-Jato

Na trama, os nomes de políticos, diretores de empresas e doleiros foram trocados. Porém, o espectador é capaz de reconhecer todos os personagens, já que Padilha optou por grande similaridade com os nomes da vida real.

Em seu Facebook, a ex-presidente Dilma Rousseff acusou o programa de ser mentiroso e dissimulado, além de afirmar que José Padilha inventou fatos. Na trama, o doleiro Roberto Ibrahim aparece participando e visitando o comitê de campanha de reeleição de Janete. No post, Dilma ressalta que o encontro com Alberto Youssef nunca existiu.

Nesta segunda-feira (26), ela ainda comentou: “A Netflix não pode fazer campanha política. […] Acho importante que a gestão da Netflix perceba o que está fazendo. Não sei se sabe. O cineasta talvez saiba, mas a direção da Netflix não está sabendo onde se meteu. Eu acho isso muito grave. Não vejo porque uma estrutura como aquela dar margem para isso.”

Assista ao trailer de O Mecanismo

O momento que tem causado mais desconforto é uma conversa em que o presidente Higino    (inspirado em Lula) aparece falando sobre “estancar sangria”, ao propor um acordo para interromper as ações da Lava-Jato. Na verdade, esse comentário feito pelo Romero Jucá (PMDB-RR) em uma gravação.

O site Brasil 247 começou uma campanha de boicote à Netflix, afirmando que o seriado recebeu incentivos de partidos políticos. “Lançada no que seria a antevéspera da prisão do ex-presidente Lula, a produção diz ser ‘ser baseada em fatos reais’, mas é uma coleção de preconceitos e “fake news”.

O Mecanismo: novo promo da série sobre a Lava-Jato

Em entrevista ao Observatório do Cinema, José Padilha afirmou que tal discussão é inútil. “De fato, esse é um debate boboca, mas que revela algo: se a principal reclamação é o uso desta expressão [estancar a sangria], pode-se imaginar que o público petista está achando difícil negar todo o resto. Nada a dizer quanto aos roubos e desvios de verba públicas praticados por Higino e Tames [ personagem inspirado em Michel Temer] com os empreiteiros…? Hummm… Interessante”.

O Mecanismo 1ª temporada

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *