Cobra Kai: sequência de Karate Kid humaniza vilão dos anos 80

cobra kai serie
 

Para os jovens da década de 80, Karated Kid é considerado um mito!  A trilogia cinematográfica inundou o imaginário de diversos jovens que gostariam de realizar os fantásticos golpes de Daniel San.

Cobra Kai: veja teaser do revival de Karate Kid

A verdade é que a história é apenas mais uma baseada na jornada do herói: um rapaz que é vítima de garotos perversos na escola, encontra um mestre japonês que o ensina uma arte milenar para se defender. Disputando o amor e atenção de Ali, Daniel LaRusso e Johnny Lawrence se enfrentam em um campeonato. Depois de levar golpes ilegais, o protagonista – é claro – vence com maestria.

Trinta anos após o campeonato All Valley Karate Tournament, o YouTube Red decidiu produzir a continuação da história, intitulada Cobra Kai. Uma ideia promissora, uma vez que a nostalgia tem rendido grande popularidade, como é o caso de Stranger Things.

Cobra Kai: confira novo promo da série do Karate Kid

Na trama, Johnny (William Zabka) personifica a imagem de um perdedor. Sem emprego e com dificuldades financeiras, ele não tem uma boa relação com seu filho. Para buscar sua redenção, ele decide reabrir a academia de karatê Cobra Kai, que possui um método polêmico de ensino. Já Daniel (Ralph Macchio), que é pai de família e bem sucedido profissionalmente, tenta seguir com sua vida após a perda de seu mentor, o Sr. Miyagi.

Daniel (Ralph Machio) e Johnny (William Zabka): a rivalidade continua após trinta anos de Karate Kid

O interessante é que os criadores da trama decidiram focar a narrativa em Johnny e tentar humanizar um vilão que foi tão mal visto anteriormente. Ao longo dos episódios, ele conquista o carisma do espectador mostrando suas fragilidades e sua determinação para reverter o jogo. A virada na história é tão expressiva que o público chega a ficar cansado do comportamento politicamente correto de Daniel.

Os produtores da atração tiveram o cuidado de fazer com que Cobra Kai também fosse atrativa para a nova geração. O bullying é o ponto de partida para que os jovens se identifiquem e queiram buscar uma maneira de enfrentar situações constrangedoras e maldosas na escola.

Veja mais notícias de Cobra Kai

O seriado não apresenta nenhuma inovação e a história chega a ser repetitiva em relação à trilogia cinematográfica. Tanto Johnny como Daniel encontram um pupilo para treinar e a rivalidade é resolvida em um novo campeonato. Porém, é isso que faz com que Cobra Kai seja um sucesso. O fãs ficaram mais do que satisfeitos em reviver essas emoções. Até mesmo a falta do Sr. Miyagi foi preenchida com lindas referências. Tanto que a atração superou audiência de séries da Netflix, como 13 Reasons Why e Perdidos no Espaço.

A segunda temporada do seriado promete grandes emoções! O mestre de Johnny – John Kreese – estará de volta e reivindicará a liderança do dojo. Será que Johnny se rebelará diante de seu sensei? E mais: será que a filha de Daniel será a nova promessa do Karate? Com quem Samantha ficará: Miguel ou Robby? Estamos mais do que ansiosos para descobrir!

Cobra Kai – 1ª temporada

Amanda Negrini
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Especialista em cultura pop, é autora da tese "A Evolução das cantoras Pop Americanas: a criação de Madonna e a inovação de Lady Gaga".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *