Os assassinos estão à solta
Especiais

Os assassinos estão à solta

Por 29 de abril de 2013 janeiro 24th, 2017 Sem Comentários

 

spoiler
Dr. Hannibal Lecter, Norman Bates, Joe Carroll e Dexter Morgan. A audiência da televisão americana nunca dependeu tanto, como agora, das artimanhas de assassinos cruéis e impiedosos. Em 2013, as emissoras investiram em séries policiais eletrizantes e reviveram dois psicopatas de sucesso dos cinemas.

Dexter Morgan foi o primeiro a ganhar a notoriedade na TV. Dexter teve sua primeira temporada exibida em 2006. Um serial killer que trabalha no departamento de polícia de Miami e foi orientado por seu pai a matar somente pessoas ruins e violentas. O roteiro do primeiro ano da atração foi baseado no livro Darkly Dreaming Dexter, de Jeff Lindsay, o primeiro de sua série de romances sobre Dexter. As demais temporadas apresentaram diferença em relação a obras posteriores.

Vídeos inéditos confirmam última temporada de Dexter

Comportando-se como um anti-herói, Dexter (Michael C. Hall) sempre foi capaz de manter a fama de bom amigo e vizinho prestativo, além de conseguir cultivar o carinho de colegas de trabalho e de sua meia irmã Debra (Jennifer Carpenter). O seriado estreia sua oitava e última temporada em 30 de junho, nos EUA, e promete revelar o lado mais humano do psicopata. Agora que Deb é cúmplice de seu segredo, a relação entre os dois personagens ficará estremecida.

 

The Following

O assassino de The Following, Joe Carroll, conquista o público pela simpatia, mesmo sendo um dos vilões mais perversos da TV

 

The Following foi a grande surpresa da televisão americana no primeiro semestre de 2013. Baseado na literatura de suspense do poeta romântico Edgar Allan Poe, o seriado conta a história da perseguição entre o policial Ryan Hary (Kevin Bacon) e do psicopata e professor de literatura Joe Carroll (James Purefoy).
Kevin Bacon fala sobre episódios finais de The Following

O autor Kevin Williamson partiu da premissa que segundo dados reais do FBI existem cerca de 300 serial killers espalhados pelos Estados Unidos. A ideia de Carroll foi reunir todos esses assassinos em uma espécie de comunidade. Com muita sedução, o líder conseguiu que seus seguidores encontrassem um grupo onde seus crimes e comportamentos fossem aceitos.

Para a preparação do personagem, o ator James Purefoy criou uma biografia do personagem, que afirma ser muito longa e densa. Além disso, ficou confinado dentro de uma quarto de hotel durante dezoito horas assistindo filmes e videos na internet sobre casos reais de psicopatia. O envolvimento foi tão intenso que durante semanas, Purefoy fez sua corrida matinal ao som da voz de Ted Bundy – um dos assassinos americanos mais violentos que morreu na cadeira elétrica em 1989.

The Following: Kevin Bacon brilha em roteiro inspirado em Edgar A. Poe

A primeira temporada de The Following chega ao fim no dia 29 de abril, nos Estados Unidos. A grande curiosidade do mais de 10 milhões de espectadores americanos é saber se Joe Carroll irá sobreviver a perseguição do FBI. Purefoy assinou um contrato de sete anos com a atração, mas o final será  imprevisível.

 

Hannibal

Na interpretação moderna de Hannibal, o duelo psicológico entre o assassino e o agente do FBI é o foco da série

 

Dr. Hannibal Lecter talvez ainda seja o psicopata canibal mais famoso do cinema mundial. O ator Anthony Hopkins interpretou o personagem em três filmes de grande sucesso de bilheteria. O autor Bryan Fuller desenvolveu para a emissora NBC o seriado Hannibal seriado em que Lecter é o protagonista. A atração é baseada nos personagens do filme Dragão Vermelho, de Thomas Harris.

Confira vídeos inéditos da estreia de Hannibal

O roteiro é desenvolvido através da relação de amizade entre Hannibal Lecter e o investigador do FBI Will Graham. O profissional tem uma capacidade única de entender a mente dos psicopatas e desvendar crimes rapidamente. Dr. Lecter é contratado pela polícia para ajudá-lo com seu dom e Will acaba desenvolvendo uma parceria com seu pior inimigo. No primeiro episódio, Hannibal cozinha os pulmões humanos e serve a carne com ovos para o companheiro no café da manhã. Will, por sua vez, elogia o prato.

A atração, que estreou em abril, conta com 13 episódios e atingiu a marca de 4,3 milhões de espectadores em seu primeiro capítulo.

 

Bates Motel

Em Bates Motel, descobrimos como Norman Bates desenvolveu os seus instintos assassino ainda na adolescência

 

Alfred Hitchcock é considerado o mestre dos filmes de suspense americano. O filme Psicose, lançado em 1960, é uma referencia na história do cinema de terror. Quem não se lembra da famosa cena do chuveiro, em que a protagonista Marion Crane (Janet Leigh) é assassinada a facadas?

Seis filmes que viraram séries de sucesso

O assassino Norman Bates ficou conhecido mundialmente por sua crueldade e por amor incondicional pela mãe. É neste contexto que os autores Carlton Cuse, Kerry Ehrin e Anthony Cipriano decidiram escrever a série Bates Motel e recriar a adolescência do rapaz.

Apesar de ser contextualizada nos dias atuais, a série mostra como Norman Bates se transformou em um assassino impiedoso. Freddie Highmore interpreta um garoto ingênuo e totalmente manipulado pela mãe, Norma Bates (Vera Farmiga), que mostra-se como a grande responsável pelo comportamento psicopata de seu herdeiro.

Nova série mostra adolescência de assassino de Psicose

No primeiro episódio, após ser abusada sexualmente, ela mata o antigo dono do hotel a facadas. Dissimulada, a matriarca pede ao filho que a ajude passar ilesa pelo crime. “Ela enlouquece como qualquer mãe às vezes. É um retrato muito típico da maternidade, de suas vitórias e derrotas. Ela nem sempre toma as decisões certas. Ambos tem um cordão umbilical muito enrolado e a audiência irá perceber o quanto essa relação é prejudicial para Norman”, afirmou Vera Farmiga ao TvLine.

Bates Motel estreou em Marco nos Estado Unidos, conquistando 4.5 milhões de telespectadores e a renovação para segunda temporada.

* Por Amanda Negrini

Loading...
Pop Séries

Pop Séries

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.