Smash: a linha tênue entre o sucesso e o fracasso
Especiais

Smash: a linha tênue entre o sucesso e o fracasso

Por 11 de março de 2013 dezembro 29th, 2016 Sem Comentários
Smash: a linha tênue entre o sucesso e o fracasso 2

 

Há um ano Smash estreou sendo a grande promessa da NBC. Elogiado pela crítica e com expressiva audiência, o seriado foi considerado prioridade pelo presidente da emissora, Robert Greenblatt. A produção executiva foi assinada por Steven Spielberg, que afirmou ter sonhado com o conceito da série. A ideia era que em cada temporada o telespectador acompanhasse a produção de um novo musical, sendo que no final este espetáculo poderia ser assistido na Broadway. O projeto também contou com total apoio da DreamWorks.

Em 14 episódios, Smash mostrou o cotidiano dos profissionais que trabalham na Broadway, incluindo todos os estágios da montagem de um musical. O elenco possui grandes atrizes como Angélica Huston, Debra Messing e Uma Thurmam. Entretanto, quando a primeira temporada do seriado terminou em maio de 2012, o desfecho foi catastrófico. O público reclamou de personagens antipáticos, vilões fajutos e quebras mal realizadas entre as falas e as partes musicais. Inclusive, alguns diálogos do roteiro viraram piadas no Twitter.

Veja o trailer da segunda temporada de Smash

Com esse cenário, a showrunner Theresa Rebeck foi demitida e a NBC contratou um novo produtor executivo, Joshua Safran, responsável por Gossip Girl (2007 -2012).

A segunda temporada de Smash, que estreou nos EUA em fevereiro, conta com mudanças significativas. Primeiro, o núcleos foram reduzidos. A família de Julie (Debra Messing), o vilão Ellis Boyd (Jaime Cepero) e o ex-namorado da protagonista, Dev Sundaram (Raza Jaffrey), foram excluídos da trama. O objetivo de Safran foi priorizar a imersão ao mundo da Broadway, mostrando as intrigas, os dramas e as crueldades deste ramo do entretenimento.

 

Veronica Moore (Jennifer Hudson) realiza dueto com a protagonista Karen Cartwright ( Katharine McPhee)

Veronica Moore (Jennifer Hudson) realiza dueto com a protagonista Karen Cartwright ( Katharine McPhee)

 

Um novo elenco também foi escalado. A cantora Jennifer Hudson ganhou um papel de destaque, como Veronica Moore, uma premiada atriz da Broadway. Com voz imponente e grande presença de palco, a atriz já é considerada o maior talento da atração. Steven Spilberg também acionou seu contatos e conseguiu participações especiais de grandes personalidades, como Liza Minelli.

Na trama, a equipe de Bombshel volta para Nova York após uma temporada de sucesso em Boston. O objetivo da equipe é conseguir um teatro para a grande estréia na Broadway. Karen Cartwrigh (Katharine McPhee) passa por uma grande transformação, apropriando-se de seu papel como Marylin Monroe. Ivy Lynn (Megan Hilty), por sua vez, precisa lidar com a rejeição e questiona os rumos de sua carreira. Com sérios problemas familiares, Julie põe sua parceria com Tom (Christian Borle) em risco.

Assim como Bombshel, Smash precisará conquistar o público com um grandioso espetáculo. É uma questão de sobrevivência.

• Por Amanda Negrini

Loading...
Pop Séries

Pop Séries

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.