Crítica: 5ª temporada de The Mentalist
Crítica

The Mentalist: Patrick Jane mais perto de capturar Red John

Por 28 de junho de 2013 abril 26th, 2016 4 Comentários

spoiler

Histórias sobre serial killers parecem ter invadido a programação televisiva neste ano. Os psicopatas ardilosos fazem de tudo para conquistar o seu objetivo: seja sequestrar o seu próprio filho ou mexer com a ética e os escrúpulos da irmã.

Em meio a tantas narrativas sangrentas, é incrível como The Mentalist ainda consegue captar a atenção de sua audiência por cinco temporadas. Parte deste trunfo, é claro, reside na competência de Simon Baker em interpretar um anti-herói que não mede palavras para expressar a sua opinião, seja para um suspeito de assassinato ou para os colegas de trabalho.

Castle, The Mentalist e Elementary: a tensão sexual nos romances policiais

A dinâmica dentro do escritório da CBI funciona até mesmo quando Red John não é o caso em pauta. Neste ano, a tensão sexual entre os agentes Van Pelt (Amanda Righetti) e Rigsby (Owain Yeoman) foi, finalmente, resolvida. O casal deu outra chance ao relacionamento graças à uma das armadilhas de Jane. Houve também episódios mais profundos e envolventes. Teresa Lisbon (Robin Tunney) ainda é a única em que o “mentalista” pode confiar e a aproximação entre os dois personagens é cada vez mais intensa. Ao que parece, Jane sabe sim dos sentimentos da colega, mas a sua atenção no momento está totalmente voltada à caçada pelo assassino de sua família. Pelo menos, por enquanto.

Alías, nunca estivemos tão perto de descobrir a identidade de Red John. O produtor da atração, Bruno Heller, revelou que um dos sete suspeitos da lista do investigador amador é o serial killer. No entanto, encontrá-lo pode ser uma das missões mais complicadas até então, dilema que se estenderá por toda a sexta temporada da atração.

Lista de suspeitos de Jane possui nomes familiares ao público

Lista de suspeitos de Jane possui nomes familiares ao público

 

Entre as pistas dadas ao público, sabemos que o serial killer está, de alguma forma, ligado ao passado de Jane. Que é esperto, talvez mais do que o próprio protagonista. E que matará novamente para restabelecer a ordem do jogo. Lorelei (Emmanuelle Chriqui), a única conexão com a real identidade do assassino, morreu antes que pudesse revelar o segredo.

The Mentalist: aliada de Red John retorna em missão assassina

Mas como impedi-lo? A resposta para a solução do enigma estaria na seita religiosa “Visualize”? Será que não há cúmplices de Red John na lista? O desvendar do caso significaria o final do show? Ou o pseudo-vidente está ainda muito longe de realizar a sua vingança?

As inquietações sobre o destino da saga, além do duelo de dois gênios, é o que deixa The Mentalist tão prazeroso de assistir. Embora alguns episódios afundem-se em histórias secundárias e nem sempre tão atrativas, o charme e o carisma de Patrick Jane conseguem conquistar a atenção do telespectador até o último minuto. Saber quem é o autor da perturbadora cara feliz, com certeza não será tão emocionante quanto acompanhar a caçada por ele.

 

Julia Benvenuto

Julia Benvenuto

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. É autora da tese "A Revolução dos Losers: como o seriado americano Glee representa a juventude do século 21".

4 Comments

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

4 Comentários

  • Avatar Anderson Ramos disse:

    Isso ja era pra ter tido um fim quando Patrick matou Red John no shopping, era um final muito bom. A morte de RJ nao tiraria o bilho do seriado, mas os autores ficaram com medo de perder audiencia, e invetaram uma historinha podre pra justificar RJ ainda vivo.

  • Avatar Rafael disse:

    Muito bom o post, parabéns.. Continue assim.

  • Avatar Anderson Ramos disse:

    Isso ja era pra ter tido um fim quando Patrick matou Red John no shopping, era um final muito bom. A morte de RJ nao tiraria o bilho do seriado, mas os autores ficaram com medo de perder audiencia, e invetaram uma historinha podre pra justificar RJ ainda vivo.

  • Avatar marcos disse:

    sempre achei que o RJ seria o agente meneli, pois toda vez que se falava dele o agente estava no meio e foi ele que ajudou o jane a entrar na CBI e seria uma reviravolta e tanto, sou fã mas acho q o RJ ficou muito em 2º plano, e com a descoberta dele isso ira mudar.

Leave a Reply