TV no século 21; o poder está nas mãos do público
Especiais

TV no século 21; o poder está nas mãos do público

Por 12 de agosto de 2013 maio 3rd, 2016 Sem Comentários

Muita coisa mudou com a internet e a chegada do novo século. A televisão, de certa forma, acompanhou as revoluções tecnológicas protagonizadas pela geração Y.

Este grupo de jovens, que nasceu com o aparecimento da rede global, aprendeu que a sua vontade determina o sucesso ou o fracasso de um produto cultural. Arrested Development é talvez um dos melhores exemplos desta mudança. Após ficar sete anos sem novos episódios, a Netflix decidiu produzir um revival da série cancelada precocemente.

Saiba mais sobre o revival de Arrested Development

A atriz Katherine Heigl exibe os fracos de Tabasco enviados pelos fãs

A atriz Katherine Heigl exibe os fracos de Tabasco enviados pelos fãs

É claro que o seriado não é o primeiro a se beneficiar com o novo poder conquistado pelo público. O show de ficção científica Roswell (1999-2002) passou por processo semelhante. Para garantir as gravações da terceira temporada e a conclusão da saga de Liz Parker e Max Evans, os fãs se uniriam e enviaram milhares de frascos de pimenta Tabasco, o alimento predileto dos alienígenas, para os estúdios da Warner. A empreitada deu certo e foi repetida pelos telespectadores de Veronica Mars (2004-2007) – que, desta vez, despacharam barras de chocolate Mars a CW.

Achados e Perdidos: Roswell

Quer mais um exemplo? A história da detetive adolescente ganhou uma adaptação para o cinema. O projeto só saiu do papel graças ao público da atração, que em pouco mais de duas horas juntou a quantia necessária para a realização do longa. Na sequência, Veronica (Kristen Bell) reecontrará amigos do passado em um evento escolar. A produção conta com a participação da maioria dos atores do elenco original, os quais embarcaram de bom grado no projeto financiado pelos fãs.

Assista ao trailer de Veronica Mars

O desejo dos telespectadores, no entanto, pode acabar com um programa mais rápido do que o esperado. A rede global é a principal arma da rejeição na cultura das mídias. Zumbilândia, uma produção baseada no filme de 2009, estreou na Amazon TV em meio a polêmica. Decepcionados com a interpretação para as telas e a ausência dos atores principais, a audiência não mediu palavras e nem comentários desaprovando a produção. O resultado não poderia ser outro. Em um breve período de vida, o seriado foi cancelado sem mesmo ter todos os episódios de seu piloto exibidos.

*Por Julia Benvenuto

Pop Séries

Pop Séries

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.