Alycia Debnam-Carey e Colman Domingo comentam mortes da 4ª temporada de FTWD » Pop Séries
Especiais

Alycia Debnam-Carey e Colman Domingo comentam mortes da 4ª temporada de FTWD

Por 11 de agosto de 2018 agosto 14th, 2018 Sem Comentários
ftwd 4 temporada

Os fãs de Fear the Walking Dead sofreram muito desde o início da quarta temporada da série.

No Brasil, Alycia Debnam-Carey e Colman Domingo conversaram com o Pop Séries! e deram algumas dicas do que esperar dos novos episódios da atração – que estreiam na segunda-feira (13), às 22h30, no canal AMC.

Os atores falaram da morte de Madison e Nick e de como o show vai se adequar a presença de Morgan no elenco regular deste ano. Confira, abaixo, o bate-papo.

10 razões para não perder a estreia da 4ª temporada de Fear the Walking Dead

POP SÉRIES!  – Como a morte de Madison afetará os seus personagens?

ALYCIA DEBNAM-CAREY – As suas memórias e legado vão sobreviver, mas afeta principalmente como os personagens vão viver sem ela. Já que Madison foi uma “bússola” para o nosso show. É sobre ela ser uma matriarca de tantos modos… Então, Alicia tem que decidir se ela quer ser melhor e ser uma líder. O que é muito excitante para a minha personagem.

COLMAN DOMINGO – Ela teve um efeito tão forte em nós, que parece que ainda estamos vivendo no vazio de seu legado. E também os novos personagens, que de alguma forma acabaram conhecendo-a.

*O que vocês podem revelar sobre a nova fase da narrativa?

CD – Sabemos que os nossos personagens são muito fortes e eles têm uma complexidade extraordinária. E podemos ir mais longe com isso. O nosso show é uma história centrada em uma família e expandir este universo é bom e saudável. E acho importante nós cuidarmos destes personagens e mostrar como eles se integram neste cenário maior.

AD – Eu gostaria de ver Alicia se envolvendo mais com outros personagens. Por exemplo, ela e Strand se conhecendo um pouco melhor. Não posso falar muito, mas haverá momentos para Alicia, relações que você não esperava que ela ia construir.

*Como a esperança de Morgan afetará os personagens da série?

CD – Morgan tem a sua própria história em The Walking Dead que o levou a encontrar esperança. E aí ele nos encontra e nós perdemos tudo. Então, como seguimos em frente? Mas nós temos uma história com estes personagens e nós sabemos quem Alicia realmente é desde o primeiro episódio. E Victor desde o quinto episódio.

Comic-Con 2018: Alicia vai passar por grande transformação em FTWD

AD – Nós vimos isso quando Morgan convence Alicia a não matar Naomi – ou June, que seja. Ele esteve neste lugar e oferece uma saída para ela: “Eu sei quem você é, ainda há esperança”. E neste ponto, ele é ainda um completo estranho para ela.

*O perdão será o tema do restante da quarta temporada?

CD – Acho que isso é parte do conceito de esperança também. Fazer as pazes com certas coisas. Acho que um momento importante para os personagens foi quando Strand diz a June: ‘Você fez o que precisava’. O que significa que, a certo ponto, todos precisam fazer o necessário para sobreviver – e sem julgamentos. Acho que isso é um pouco de perdão.

AD – Há um pouco também do ato de perdoar-se. Alicia não gosta como se vê como pessoa no momento e ela perdeu tudo e sente que perdeu a si mesma também. O único jeito que você consegue seguir em frente é fazer as pazes com o passado antes de pedir ajuda aos outros.

The Walking Dead: Lauren Cohan revela nome do bebê de Maggie e Glenn

*Podemos esperar por outros crossovers com The Walking Dead?

CD – Esta é a minha visão pessoal. Acho que temos ainda muita história para explorar antes de um novo crossover. Temos tantos personagens e tanta história que precisamos contar. E não precisamos estar conectados a universo dos HQs, embora seja muito esperto nos relacionar a ele. Não pretendemos ser algo como TWD…

AD – É claro que com a expansão deste universo isso é uma possibilidade. Os roteiristas nunca falam, dizem que não sabe, mas provavelmente vão fazer acontecer novamente.

*Vocês podem comentar algo sobre os novos personagens que vão estrear na série?

AD – Nós vamos estabelecer um grande vilão, se quiser chamar assim, para o nosso show. Para nós, sempre trabalhamos com uma linha tênue entre o bem e o mal. As nossas ações são baseadas nas circunstancias e algumas pessoas são melhores do que as outras neste aspecto.

The Walking Dead: 9ª temporada será marcada por despedida de Rick

Julia Benvenuto

Julia Benvenuto

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. É autora da tese "A Revolução dos Losers: como o seriado americano Glee representa a juventude do século 21".

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.