Crítica: ‘A Maldição da Chorona’ é um filme de terror bem estilo anos 80

Por André Natali 

Uma lenda do folclore mexicano diz que uma bela mulher, mãe de dois filhos, os assassinou afogados por ciúmes do marido que a traía. Logo depois, se suicidou não aguentando a culpa. Seu fantasma passou a vagar pelo mundo em busca de outras crianças para substituí-los. E qualquer um que escutasse seu choro estaria marcado para morrer.

Assista ao trailer de A Maldição da Chorona

Essa é a premissa de “A Maldição da Chorona”, lançamento de horror da New Line Cinema que é distribuído pela Warner Bros., dirigido por Michael Chaves e produzido por James Wan, o diretor responsável pelo sucesso da franquia “A Invocação do Mal”.

A personagem principal é Anna, uma assistente social que precisa se certificar de que famílias estejam bem estruturadas. Ela se vê envolvida em um caso assustador de cárcere privado quando vai ao apartamento da Senhora Alvarez. A partir desse ponto, a personagem tem contato com o caso sobrenatural e precisa investigar quem está matando crianças, ao mesmo tempo em que protege sua própria família.

a maldição da chorona

A Maldição da Chorona faz referências à filmes como “Uma Noite Alucinante”, “Brinquedo Assassino” e “O Exorcista”.

Alguns filmes de terror deixam as pessoas tensas com puro suspense e outros preferem utilizar o horror sobrenatural como pano de fundo para dar diversos sustos no espectador. “A Maldição da Chorona” fica no meio do caminho, construindo bem o suspense, mas o quebrando quando tenta surpreender o espectador com sustos.

O filme todo segue muito a receita de clássicos dos anos 80, inclusive criando todo um clima da década. Inclusive, se desenvolve com bom humor como se fosse uma grande homenagem incluindo referências à filmes como “Uma Noite Alucinante”, “Brinquedo Assassino” e “O Exorcista”.

Confira mais um trailer de A Maldição da Chorona

Apesar de não inovar e nem ser o melhor filme do estilo, tudo está correto e o diretor Chaves segue a cartilha básica para desenvolver a história de forma competente. Para quem está com vontade de tomar alguns sustos, “A Maldição da Chorona” pode valer a ida ao cinema.

André Natali

André Natali

Formado em Audiovisual pela Universidade de Brasília e em Técnico de Direção Cinematográfica pela Academia Internacional de Cinema de São Paulo. No Pop Séries!, é responsável pelas análises de seriados épicos e adaptações do cinema para a TV.

Sem Comentários

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Pop Séries. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Pop Séries poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.