Skip to main content

 

Continua após a publicidade..

spoilerQuando Joss Whedon resolveu assumir a empreitada de revitalizar a história dos super-heróis da Marvel, ele já tinha o seu nome reconhecido na comunidade geek. O produtor foi responsável pela execução de séries de sucesso, entre elas, Buffy, a Caça-Vampiros e Angel.

A ideia de modernizar as histórias dos quadrinhos rendeu cifras milionárias ao estúdio e atuações lendárias no cinema, entre elas, de Robert D. Junior como o Homem de Ferro. Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. nasce com a premissa de que o limite entre os filmes e a televisão está cada vez mais flexível.

Continua após a publicidade..

Após o sucesso de Os Vingadores, a ABC decidiu investir em um projeto que focaria os segredos da organização. Para isso, foi necessário ressuscitar um dos personagens mais queridos pelos fãs dos HQs, o agente Coulson (Clark Gregg). Dito isso, a missão secreta do presidente da S.H.I.E.L.D., Nick Fury, foi o grande mistério que norteou a maior parte da primeira temporada da série. Como é possível trazer de volta à vida alguém dado como morto? E que artifício alienígena está por trás da cura milagrosa?

Conheça a namorada do agente Coulson

Mesmo com a conspiração, a série demorou para engrenar em uma narrativa suficientemente atraente ao público, acostumado com os efeitos especiais dos longa-metragens da franquia. Apoiando-se nas participações especiais de Samuel L. Jackson, Stan Lee e Cobie Smulders – que está escalada para o elenco regular do próximo ano -, a atração alcançou a popularidade necessária para garantir o seu espaço na programação do canal. A reviravolta na narrativa, no entanto, veio somente com a estreia de Capitão América: o Soldado Invernal.

 

os vingadores

O agente Coulson, morto em combate em Os Vingadores, retornou à vida para protagonizar a série

No segundo filme do herói, a Hydra consegue assumir o controle total da organização, colocando milhares de vidas em perigo. O golpe é descoberto pelo governo americano e, em seguida, pelo mundo, deixando Coulson sem equipe e sem rumo. As repercussões no seriado foram surpreendentes: Ward era um dos traidores e aliado de John Garrett (interpretado por Bill Paxton). A descoberta chocante veio em boa hora e salvou o roteiro de um rumo monótono e decepcionante.

 

Outro fato curioso do piloto – e por extensão de outros trabalhos de Whedon – é a criação de mulheres extremamente fortes. Fica claro que no universo Marvel são elas que acabam por ditar o destino dos super-heróis. Na série, a incumbência ficou por conta de Melinda May (Ming-Na Wen), cujo apelido é “A Cavalaria”, e a hacker Skye (Chloe Bennet), que esconde um passado sombrio e uma possível ligação com Asgard.

Com o sucesso dos investimentos do estúdio, o futuro parece ser promissor para os agentes da S.H.I.E.L.D. A esperança é que a segunda temporada, em que Coulson assumirá o papel de reerguer a organização, esteja repleto de crossovers e aparições de personagens aclamados dos quadrinhos. Afinal, é um alívio saber que o mundo está sendo protegido por heróis que não precisam de superpoderes para tal.

Guia de Séries: spoilers e mais notícias da série

 

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Julia Benvenuto

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. É autora da tese "A Revolução dos Losers: como o seriado americano Glee representa a juventude do século 21".