As boas risadas de Brooklyn Nine-Nine
Brooklyn Nine-NineCrítica

As boas risadas de Brooklyn Nine-Nine

Por 11 de abril de 2014 maio 9th, 2020 Sem Comentários
Brooklyn Nine-Nine: veja prévia da season finale 2

As séries de comédia que estrearam no fall season 2013 não conquistaram grande popularidade. As expectativas eram favoráveis por conta do retorno de grandes atores para a televisão, como Robin Williams, em The Crazy Ones, e Michael J. Fox, em Michael J. Fox Show. Entretanto, as novas atrações não alcançaram boa audiência e a maioria sitcoms foi cancelado antes do término da exibição de sua primeira temporada.

 Brooklyn Nine-Nine: a diversão da polícia americana

No meio deste cenário, a surgimento de Brooklyn Nine-Nine foi uma prazerosa surpresa. A série conquistou o público com um roteiro despretensioso e foi aplaudida pela crítica americana. O resultado foi tão significativo que o seriado desbancou atrações renomadas como Modern Family e The Big Bang Theory no Globo de Ouro e faturou a estatueta de melhor comédia em 2014.

Adam Sandler participa de Brooklyn Nine-Nine

A trama mostra o cotidiano de um departamento de polícia do Brooklyn, em Nova York. Andy Samberg, que obteve reconhecimento por trabalhar no programa Saturday Night Live, interpreta o protagonista Jake Peralta. Apesar de ser o detetive mais competente de sua delegacia, seu passatempo favorito é procurar grandes confusões. Com comportamento extremamente adolescente, ele promove apostas entre os colegas de trabalho e provoca situações constrangedoras para todos personagens da atração.

 

Andre Braugher e Andy Samberg

Andre Braugher e Andy Samberg

Outro grande destaque da série é o personagem de Andre Braugher. O capitão Ray Holt também é um excelente profissional que recebe a missão de comandar os detetives do Brooklyn. Com fala concisa e postura rígida, ele exige uma conduta exemplar de seus detetives, o que na maioria das vezes não acontece.

Mas a grande surpresa do capitão Holt é a sua opção sexual e a maneira com que o tema é abordado na atração. Com muito bom humor e uma ironia equilibrada, a série mostra como um homossexual consegue obter sucesso profissional em um ambiente pouco flexível. É importante notar que nos diálogos não há piadas que envolvem  a homossexualidade diretamente e o comportamento do capitão nunca é visto como algo inadequado. Pelo contrário, os detetives fazem de tudo para ganhar a confiança e a proteção do chefe.

Brooklyn Nine-Nine: veja prévia da season finale

Em seu primeiro ano, Brooklyn Nine-Nine teve o grande trunfo de misturar bons casos policiais a situações de comédia. Os personagens coadjuvantes, apesar de apresentam comportamentos caricatos, mostram uma divertida sintonia com os protagonistas. Sem interpretações forçadas e com alguns flashbacks pontuais e divertidos, a série será capaz de despertar boas gargalhadas por muitas temporadas.

 

Amanda Negrini

Amanda Negrini

Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Especialista em cultura pop, é autora da tese "A Evolução das cantoras Pop Americanas: a criação de Madonna e a inovação de Lady Gaga".

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.