Skip to main content

ComicCon tag

Continua após a publicidade..

• De San Diego

Com apenas alguns episódios a serem exibidos da última temporada, o elenco de True Blood – Anna Paquin (Sookie), Stephen Moyer (Bill), Sam Trammell (Sam Merlotte), Rutina Wesley  (Tara Thornton), Nelsan Ellis (Lafayette), Deborah Ann Woll (Jessica Hamby), Kristin Bauer van Straten (Pam), Carrie Preston (Arlene Bellefleur), Chris Bauer (Andy Bellefleur), Anna Camp (Sarah Newlin) e Nathan Parsons (James) – esteve presente na Comic-Con deste ano.

Continua após a publicidade..

O clima no encontro foi de nostalgia e até alguns dos integrantes da série derrubaram lágrimas ao falarem da evolução de seus personagens. Para o produtor executivo do show, Brian Buckner, grande parte do sucesso de True Blood está na química dos protagonistas. “Funciona por causa deles [Paquin e Moyer]. Ele até se casaram, pelo amor de Deus”, brinca.

Assista ao trailer da sétima temporada

A intenção do último ano é resgatar as origens da história, responsáveis pelo sucesso mundial do seriado. “Sabíamos que teríamos que reconfigurar o show e ainda não terminamos de mudá-lo. Tivemos que matar o Alcide, porque, no final, Sookie deveria voltar para o Bill”, explica Brian. “Vamos levar estes personagens a lugares que o público estará ok.”

O fim da saga emocionante da fada trouxe também opiniões divergentes entre os atores. Para Anna, nem Bill e Eric seriam a escolha perfeita para a sua personagem: “Acho que ela deveria ficar com Sam. Eles são esquisitos, mas poderiam ter um filho. Não queria responder isso… me desculpem”, revela.

Stephen agradeceu os fãs pelo apoio durante os sete anos e revelou também o hobby da colega de elenco, Deborah, que costumava frequentar a feira fantasiada. “Ela é dona de um pistola de cola e faz a suas próprias fantasias”, conta Kristin.

Confira spoilers dos próximos episódios de True Blood

True Blood é exibida mundialmente pela HBO aos domingos, a partir das 22h.

 

 

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Julia Benvenuto

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. É autora da tese "A Revolução dos Losers: como o seriado americano Glee representa a juventude do século 21".