Skip to main content

O produtor executivo de Homeland, Alex Gansa, revelou detalhes importantes do sexto ano da atração.

Os novos episódios serão ambientados em Nova York durante as eleições americanas, que elegerá a primeira presidente mulher dos Estados Unidos.

Carrie estará trabalhando junto com Saul na CIA e será responsável por defender a comunidade muçulmana na cidade. Já Dar Adal, será o principal conselheiro da presidente sobre o terrorismo mundial.

“Nós queremos discutir as reais eleições do país. A presidente da série será uma mistura de Hillary Clinton, Donald Trump e Bernie Sanders”, afirmou Gansa.

Sobre Quinn, o produtor afirmou que o personagem retornará, mas que ele estará em uma condição muito diferente. “Quinn terá de lidar com as consequências do ataque químico que sofreu, além do derrame cerebral”.

O seriado tem estreia prevista para dia 15 de julho nos EUA.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários