Skip to main content

Apesar dos relatos indicando que Lori Loughlin não retornará para a quinta e última temporada da Fuller House da Netflix, o produtor do spin-off, John Stamos, ainda não tem tanta certeza disso.

Loughlin e seu marido, Mossimo Giannulli, foram presos em março por um suposto envolvimento em um escândalo de admissão de faculdades, revelado na Operação Varsity Blues, onde os promotores dizem que os envolvidos tenham ajudado ambas as filhas a serem admitidas na Universidade do Sul da Califórnia. Em abril, Loughlin e Giannulli se declararam inocentes de todas as acusações de fraude de conspiração e lavagem de dinheiro.

“Eu ainda não estive no programa, então vou falar com algumas pessoas sobre essa questão esta semana e ver o que está acontecendo. Só vou esperar mais um pouco antes de falar sobre isso”, disse o produtor.

Em janeiro, a Netflix anunciou que renovou a Fuller House para a quinta e última temporada. Os novos episódios estreiam ainda neste ano. 

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários