Logan: a despedida de Wolverine
Cinema

‘Logan’ marca despedida de Hugh Jackman como Wolverine

Por 20 de fevereiro de 2017 fevereiro 23rd, 2017 Sem Comentários
filme logan

Para quem assistiu aos filmes da saga X-Men, Logan (estreia em 2 de março no Brasil) promete ser uma experiência à parte.

O último filme de Hugh Jackman como o herói Wolverine não tem lutas grandiosas entre mutantes e nem uma missão para salvar o planeta da ação irresponsável de Magneto.

Logan tem como cenário o futuro, em que o personagem aprende a viver como um motorista particular e a esconder suas habilidades especiais. Afinal, com a ausência do nascimento de mutantes, o mundo não precisa mais dos X-Men. E o professor Xavier (Patrick Stewart) passa os seus últimos dias sob os cuidados de Logan, confinado em um prédio abandonado com uma doença degenerativa.

Assista ao trailer de Logan

A história toma um novo rumo quando um garota aparece na vida do protagonista e precisa de sua ajuda para encontrar um santuário seguro. O detalhe: ela possui as mesmas garras afiadas do protagonista.

“Não acho que ele se foi. Sinto-me emocionado quando vejo o filme. Sabia que, por anos, havia uma história mais profunda para contar”, revelou Jackman durante coletiva de imprensa para o lançamento do longa-metragem no Brasil.

Hugh Jackman comenta possibilidade de participar de Deadpool

logan filme 2017

Personagem se despede de maneira dramática em nova produção

O ator, que interpretou Wolverine por 17 anos no cinema, diz que o público terá dificuldades para encontrar semelhanças entre Logan e as outras produções da franquia, o que torna a despedida única aos seus olhos.”O grande medo dele não é o inimigo e sim o de criar intimidade, revelar os seus desejos para quem ama. E, mesmo que não aceite, ele aprende isso enquanto envelhece.”

E completou: “Quando lançamos a trilogia tomamos decisões ousadas, como a abertura ambientada na Primeira Guerra Mundial. Estamos fazendo um filme que fala sobre discriminação.”

Legion não terá personagens do X-Men

O fato é que a aposentaria de Jackman no mundo Marvel marca o final de um clico de produções focadas em super-heróis. Inevitavelmente, o mesmo destino será vivenciado pelos Vingadores. Mas nem todas as conclusões terão a genialidade e o impacto de Logan, que soube explorar a busca de um herói pela redenção e a paz que nunca encontrou em vida. “Não quero ser definido por um gênero, mas sim por um personagem”, resumiu o ator. Com toda a certeza, a tarefa foi cumprida.

 

Julia Benvenuto

Julia Benvenuto

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. É autora da tese "A Revolução dos Losers: como o seriado americano Glee representa a juventude do século 21".

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.