Skip to main content

Uma lista com animações obrigatórias para quem se interessa pelo mundo gamer

Cada vez mais os limites entre o mundo real e a realidade virtual parecem se misturar, criando áreas nebulosas nas quais o comportamento e ações online tornam-se hobbies e até trabalhos.

Continua após a publicidade..

Um exemplo disso, é o mundo dos jogos online que, muitas vezes, é o tema principal de séries animadas japonesas que todo fã de jogos deveria conhecer.

Se você é um jogador experiente ou casual, mas que aprecia o senso de camaradagem e competição proporcionado pelo cenário de jogos online, há vários animes que só estão aguardando para serem descobertos e maratonados.

Continua após a publicidade..

Neste artigo, vamos apresentar uma breve lista com animes feitos sob medida para os amantes de uma boa jogatina.

De isekai a drama: 4 animes sobre jogos que você tem que conferir

Prepare-se para encontrar títulos do subgênero isekai na nossa lista! Para quem não está familiarizado com o termo, isekai pode ser traduzido do japonês como “outro mundo” e é o nome dado para mangás e animes em que indivíduos do mundo real são transportados, ficam presos ou reencarnam em uma realidade paralela ou fantasiosa.

Nossas recomendações incluem animes com uma das variações desse subgênero no qual o protagonista, devido alguma circunstância fora do seu controle, encontra-se dentro do mundo de um jogo virtual.

Mas não se preocupe, não é só de isekai que vive o otaku (e sabemos disso). Assim, trouxemos recomendações de produções que não se limitam a essa temática tão comum atualmente.

1. Sword Art Online

Sword Art Online é um verdadeiro pioneiro no gênero de animes com a premissa de jovens jogadores presos no mundo virtual. A série com três temporadas e quatro filmes cativou o público do mundo todo com sua mistura de ação, romance e exploração da realidade virtual.

A série começa com os jogadores presos em um Jogo de Realidade Virtual em Massa para Múltiplos Jogadores Online (VRMMORPG) devido a um problema técnico no NerveGear, um dispositivo que permite a imersão completa no jogador na realidade virtual.

A dramática consequência dessa falha é que a morte no jogo significa morte na vida real. Nesse contexto, o protagonista Kirito navega por vários mundos de realidade virtual, mostrando os altos e baixos dos jogos e os laços afetivos que podem ser formados no mundo digital.

2. No Game no Life

Indivíduos com habilidades extraordinárias em jogos, os irmãos Sora e Shiro, são transportados para um mundo onde a guerra é proibida, mas, como consequência, todos os conflitos, desde disputas políticas até questões territoriais, são resolvidas com jogos.

Conhecida pelo seu visual marcado por cores vibrantes e jogos que exigem estratégias mentais elaboradas, No Game no Life mergulha os espectadores em um universo onde as proezas dos jogos determinam o destino de cada um.

Trata-se de um anime interessante para quem se interessa por jogos nos quais há algo sendo apostado ou disputado, como poker (que aparece no primeiro episódio) ou versões de jogos de slot atuais como o Ganesha Gold, que possui elementos de influência hindu e é voltado ao público adulto.

Independente do jogo de apostas, é importante destacar a importância de jogar com responsabilidade, estar ciente das prováveis perdas financeiras e não encarar a jogatina como forma de gerar renda.

3. Re: Zero

Embora não seja explicitamente centrado em jogos, Re:Zero introduz uma mecânica de respawn que lembra os videogames.

O protagonista Subaru Natsuki se encontra em um mundo de fantasia onde a morte não significa o fim, mas desencadeia um retorno a um ponto específico no tempo.

A série proporciona uma experiência emocionante ao espectador pois explora o impacto psicológico das mortes repetidas e a resiliência necessária para superar desafios.

4. Overlord

Momonga é um jovem que está conectado ao seu jogo favorito, mas quando tenta sair descobre que o servidor foi desligado e nenhum outro jogador está no mundo virtual, apenas NPCs (non-player characters, ou seja, personagens que não são jogadores).

Aproveitando sua posição no jogo, enquanto soberano morto-vivo imensamente poderoso, Momonga se esforça para se tornar conhecido em todo o mundo virtual a fim de encontrar outro jogador que também possa ter ficado preso.

Apesar da premissa soar um tanto tenebrosa, Overlord consegue divertir e mesclar com maestria elementos de ação, aventura e fantasia com o mundo sobrenatural no qual o jogo se baseia.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Pop Séries

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.