Skip to main content

Série é protagonizada por Wentworth Miller e Dominic Purcell

A série de televisão Prison Break é um fenômeno de audiência que cativou milhões de espectadores em todo o mundo. Com o seu enredo emocionante e personagens intrigantes, o programa tem sido um sucesso desde a sua estreia em 2005. A premissa da série gira em torno de um homem, Michael Scofield, que comete um crime para ajudar o seu irmão, Lincoln Burrows, a escapar da prisão.

O seriado é conhecido por sua narrativa intensa e reviravoltas inesperadas, com muitos personagens encontrando seu destino final ao longo da jornada. A morte é um tema recorrente na trama, com muitos personagens principais e secundários encontrando seu fim de maneiras chocantes e inesperadas. A série não tem medo de matar personagens principais, o que mantém os espectadores sempre alertas, nunca sabendo quem será a partir.

O impacto dessas mortes na trama é significativo, com cada uma delas moldando a direção da história de maneiras interessantes. Vamos explorar as mortes mais importantes da série e discutir o impacto que cada uma delas teve na trama e nos personagens restantes.

Continua após a publicidade..

Os personagens de Prison Break

Michael Scofield, interpretado por Wentworth Miller, é o protagonista da série, um engenheiro estrutural que cria um plano elaborado para libertar seu irmão da prisão. Já Lincoln Burrows, interpretado por Dominic Purcell, é um homem condenado à morte por um crime que não cometeu.

Além dos irmãos, a série apresenta uma variedade de personagens secundários, cada um com suas próprias histórias e motivações. Há Theodore “T-Bag” Bagwell, um criminoso sociopata com um passado sombrio; Fernando Sucre, o companheiro de cela de Michael que se torna seu aliado leal; e Sara Tancredi, a médica da prisão que se apaixona pelo protagonista e desempenha um papel crucial em seu plano de fuga.

Cada personagem traz algo único para a trama e a dinâmica do grupo, e a morte de qualquer um deles tem um impacto significativo nos personagens restantes e na história como um todo.

Quem morre na série?

A primeira grande morte de Prison Break é a de Veronica Donovan, a advogada e ex-namorada de Lincoln que trabalha incansavelmente para provar sua inocência. Seu assassinato na segunda temporada é um choque, e serve como um lembrete cruel de que ninguém está seguro na série.

Outra morte significativa é a de John Abruzzi, um chefe da máfia que se torna um aliado inesperado de Michael e Lincoln em sua fuga. Sua morte na segunda temporada é um golpe duro para o grupo, e marca um ponto de virada na série, pois os personagens percebem que estão em um jogo de vida ou morte.

A morte mais chocante da série, no entanto, é provavelmente a de Michael Scofield na quarta temporada. Apesar de ser o protagonista da série, Michael se sacrifica para garantir a liberdade de seus amigos e familiares, um ato que é tanto heroico quanto devastador.

No revival, o personagem é ressuscitado após anos e descobrimos que a sua morte foi forjada por uma organização do governo.

O destino final dos personagens principais

Os personagens de Prison Break enfrentam muitos desafios e perigos ao longo da série, e nem todos conseguem sobreviver. O destino final de cada personagem é um aspecto importante da série, pois molda a direção da trama e o desenvolvimento do enredo.

Michael Scofield, o protagonista da série, sofre talvez o destino mais trágico de todos. Apesar de seus esforços para proteger seus amigos e familiares, ele acaba morrendo para garantir a liberdade de todos. No episódio The Final Break, Michael dá a sua vida para libertar Sara, sua esposa, da prisão. Ele revela que sabia que isso aconteceria e que era um sacrifício necessário. Sua morte é um golpe devastador para os espectadores e para os personagens da série, e serve como um lembrete cruel da natureza implacável do mundo de Prison Break.

Lincoln Burrows, por outro lado, consegue sobreviver à série. Apesar de enfrentar inúmeros desafios e perigos, ele consegue escapar da prisão e provar sua inocência. Seu destino final é um testemunho de sua determinação e resistência, e oferece um vislumbre de esperança em meio à escuridão da série.

Impacto na trama

A morte desempenha um papel importante na trama de Prison Break, moldando a direção da história e o desenvolvimento dos personagens. Cada morte na série tem um impacto significativo, forçando os personagens a lidar com a perda e a enfrentar a realidade de sua situação.

A morte de Veronica Donovan, por exemplo, serve como um catalisador para a ação na segunda temporada. Sua morte leva Lincoln e Michael a se tornarem ainda mais determinados a provar sua inocência e a buscar vingança contra aqueles que os prejudicaram.

prison break

A partir da esquerda, Dominic Purcell, Sarah Wayne Callies e Wentworth Miller

Cenas memoráveis

Prison Break é conhecida por suas cenas de morte emocionantes e inesquecíveis. Uma das cenas mais memoráveis é a morte de John Abruzzi, que é morto a tiros em um confronto com agentes do FBI. Sua morte é um choque para os espectadores e para os personagens, e marca um ponto de virada na série.

As mortes provocaram uma grande reação dos fãs. Muitos espectadores ficaram chocados e devastados com a morte de seus personagens favoritos, enquanto outros elogiaram a série por sua coragem em matar personagens principais.

Mas o suposto sacrifício de Michael Scofield provocou uma grande reação do público. A maioria ficou devastada com sua morte, enquanto outros elogiaram a série por sua inovação.

Revival

A quinta temporada, intitulada Prison Break: Resurrection, trouxe de volta os atores Wentworth Miller e Dominic Purcell nos papéis principais de Michael Scofield e Lincoln Burrows, respectivamente. Além deles, Sarah Wayne Callies, Amaury Nolasco, Paul Adelstein, Robert Knepper e Rockmond Dunbar também retornaram da série original.

A trama da quinta temporada é ambientada sete anos após a suposta morte de Michael Scofield. Ele ressurge na prisão de Ogygia, no Iêmen, usando o nome Kaniel Outis. Enquanto o país enfrenta uma guerra, Lincoln Burrows e Benjamin “C-Note” Franklin, antigos amigos de Michael e companheiros de fuga de Fox River, arriscam suas vidas viajando para o Iêmen para trazer Michael de volta.

Enquanto isso, nos Estados Unidos, a esposa de Michael, Sara, agora casada novamente, é perseguida por agentes de um operativo conhecido como Poseidon, o responsável pelo desaparecimento de Michael.

No final da temporada, Michael finalmente se reencontra com sua família, mas o episódio deixa em aberto as possibilidades futuras para o personagem e para a série como um todo. O criador do programa, Paul Scheuring, afirmou que, embora a quinta temporada tenha sido planejada como uma história encerrada, ele não descarta a possibilidade de outra temporada no futuro, desde que haja uma ideia convincente para a trama.

Organize sua maratona com o nosso Planner!