Skip to main content

Filme tem a estreia da Sociedade da Justiça da América

Adão Negro chega aos cinemas e promete trazer uma nova versão do anti-herói às telas.

Conhecido como o inimigo do Shazam nos quadrinhos, o personagem ganhou seus poderes há quase 5.000 anos. Ele, no entanto, foi aprisionado pelos magos que lhe concederam seus dons por não ser digno de usá-los.

Agora no presente, Adão Negro (Dwayne Johnson) é libertado de sua tumba e deve enfrentar os desafios de se adaptar ao mundo moderno, enquanto tenta proteger a sua cidade de uma terrível ameaça.

Mas a ascensão de uma nova força na Terra, tão poderosa, não passa desapercebida aos olhos de Amanda Waller (Viola Davis), que logo reúne um time de super-heróis para combatê-lo. Assim a Sociedade da Justiça é apresentada ao público: Aldis Hodge interpreta o Gavião Negro; Noah Centineo é o Esmaga-Átomo; Sarah Shahi é Adrianna; Quintessa Swindell é Ciclone; e Pierce Brosnan é o Senhor Destino (a sua atuação é um dos grandes trunfos do filme!).

Apresentar um novo grupo de heróis é algo inteligente da DC, que enfrenta uma grande crise nos bastidores com os personagens titulares da Liga da Justiça. Ezra Miller não sai do noticiário com vários escândalos e problemas com a lei, levando o estúdio a adiar o lançamento do filme solo do Flash, Ray Fisher (Ciborgue) acusou a Warner Bros. de acobertar denúncias de racismo e comportamento impróprio no set de filmagens, Ben Affleck desistiu do papel do Batman e Aquaman 2, com Jason Momoa, teve que ser reestruturado devido ao julgamento de Amber Heard e Johnny Depp.

  O Auto da Compadecida 2: João Grilo e Chicó de volta à ação

Também não faria sentido apresentar Adão Negro sem contar a sua história de origem ao público em Shazam! Fúria dos Deuses (lançamento previsto para 2023). O anti-herói está longe de ser um personagem conhecido das HQs e uma devida introdução era mais que necessária.

Dwayne Johnson lutou muito para criar a sua própria versão do anti-herói, sem deixar de explorar as suas origens sombrias. Ele nunca será um herói e nem lutará ao lado do Super-Homem, embora haja uma cena pós-crédito que sugira um conflito entre os dois. Adão Negro não busca a justiça, ele defende a vingança, e não poupará esforços para proteger o seu povo.

Uma visão tão sombria se enquadraria em um novo filme de Liga da Justiça (se isso um dia acontecer) ou do Super-Homem, mas está longe de ser coerente com a linguagem adotada por Shazam. E este é um dilema que a DC terá que enfrentar no futuro. Onde encaixar Adão Negro em seu universo?

Origem do Adão Negro

A história de Adão Negro está intimamente relacionada ao surgimento de Shazam. Billy Batson, o jovem órfão que é puro de coração, provou-se digno de receber o poder de seis campeões mitológicos. Mas Billy não é o único mortal que conseguiu o feito. Antes de dividir os seus poderes com a família adotiva, Adão Negro foi o escolhido para o desafio (mas não pelos magos, como o filme irá revelar), tornando-se um mito de luta de liberdade para o seu povo.

  Minha Culpa 2: quando estreia o novo filme?

Em sua primeira história nos quadrinhos, Adão é descrito como um antigo faraó e o primeiro mortal a receber os poderes de Shazam: resistência, força, poder, sabedoria, velocidade e coragem. Ele ficou conhecido como Teth-Adam (que significa Poderoso Humano), mas foi corrompido pelos seus dons e provocou grande destruição no Egito Antigo. Como punição, Adão é exilado pelos magos que lhe deram poder.

Adão retorna na era moderna para descobrir que os poderes Shazam foram presenteados para Billy e é finalmente enganado para dizer a palavra mágica Shazam. Ele instantaneamente se transforma em pó por conta de sua idade. Esta foi a estreia do personagem nos quadrinhos, decepcionante não?

Quando a DC Comics decidiu reviver as histórias do Shazam na década de 1970, Adão Negro retornou, graças à máquina de desenvolvida pelo Doutor. Sivana – você deve se lembrar dele no primeiro filme de Zachary Levi. No final dos anos 1980, ele aparece na edição de Shazam: A New Beginning, no entanto seu potencial é somente reconhecido em 1994.

Sociedade da Justiça da América

A versão moderna de Adão Negro fez sua estreia em O Poder de Shazam, criada por Jerry Ordway, que coloca o personagem como um dos maiores guerreiros da história. Adão serve como guardião do Egito por séculos até ser corrompido por uma entidade demoníaca conhecida como Blaze. O Mago, então, tira Adão o seu poder e o aprisiona. Nesta história o anti-herói é campeão que perde sua alma quando assassina a família de um menino destinado a ser um herói.

  8 filmes de romance que não saem de moda

Os escritores Geoff Johns e David S. Goyer e o artista Marcos Martin, nas páginas da Sociedade da Justiça da América, foram mais além. E é propriamente o momento de inspiração utilizado na construção do longa-metragem.

Como líder de sua própria nação, Kahndaq, Adão Negro toma posse do Antigo Testamento e resgata as verdadeiras raízes de violência, tornando-se mais parecido com Magneto. Ele é um líder que fará de tudo para proteger seu povo.

Em várias ocasiões, Billy tenta fazer amizade com o anti-herói, mas seu ego impede uma aproximação. Quando Kahndaq está sob ataque, Sociedade da Justiça oferece ajuda, o que deixa a relação ainda mais tensa. Adão acredita que os heróis devem simplesmente matar os vilões que enfrentam e não leva-los a justiça. Ele, no entanto, faz amizades duradouras com os membros do grupo, particularmente com Esmaga-Átomo, como vemos no filme.

Em 2006, na série 52, Adão apaixona-se por Isis, que acaba sendo morta. Ele então decide vingá-la. Enlouquecido pela dor, o personagem mata vários heróis, até que alguns conseguem drenar os seus poderes enquanto Billy muda a palavra mágica que concede a Adão Negro seu dom … É o fim!

adão negro

Pierce Brosnan é o Senhor Destino

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

1 Comentário
Novos
Antigos Mais votados
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
JOTAT10 (jotat10)
JOTAT10 (jotat10)
1 ano atrás

Que tramoia é essa, um herói que não é herói, já nem estreia e já tem alguém que adia a sua volta nas histórias de quadrinhos, e vai ao cinema com duvidas, mas torço por ele como foi o Pantera Negra, que foi e foi e fez sucesso e já estamos no 2º porque o protagonista principal faleceu, porque senão já estaríamos no 3º. Mas vamos aguardar o Adão Negro que nome que deram a ele, ve se pode.