Skip to main content

Trama traz cenas inéditas do filme de 2008

Austrália foi dirigido pelo cineasta Baz Luhrmann e alcançou a segunda maior bilheteria de todos os tempos para um filme australiano durante aquele período. O drama romântico foi estrelado pelos atores Nicole Kidman e Hugh Jackman.

Continua após a publicidade..

Ambientado em um período entre 1939 e 1942, o longa explora um período que está à margem do início da Segunda Guerra Mundial. A história mostra a inglesa Sarah Ashley (Nicole Kidman), dona de uma fazenda de gados localizada na Austrália viajando para reencontrar seu marido, antes de descobrir que ele foi assassinado.

Com medo de perder a famosa fazenda Faraway Downs para o cruel barão King Carney (Bryan Brown), ela decide se unir, ainda que a contragosto, ao vaqueiro Drover (Hugh Jackman) e a um garoto de quem ela se afeiçoa, Nullah (Brandon Walters), na tentativa de levar um rebanho de gado até o interior do país, em Darwin, e tentar salvar a propriedade.

Continua após a publicidade..

Retomando a produção depois de quinze anos, foi anunciado recentemente o lançamento de uma minissérie baseada na original. Recebendo o título Bem-vindos à Austrália aqui no Brasil, a trama está marcada para chegar ao público no dia 26 de novembro.

O que esperar da trama

A série será composta por seis episódios e tem como intuito colocar o público mais uma vez frente a frente com Nicole Kidman e Hugh Jackman. Para aqueles que não conhecem o filme, essa será uma boa oportunidade de se apaixonar pela narrativa.

O projeto é uma versão estendida do longa de 2008 e estará cheio de materiais que foram gravados em meados de 2007, mas que não chegaram a ser utilizados na versão final.

O primeiro trailer oficial de Bem-vindos à Austrália foi divulgado recentemente e nos permitiu ter um vislumbre da personagem de Nicole Kidman, Lady Sarah Ashley, chegando à Austrália algum tempo após a morte de seu marido para assumir a propriedade que agora lhe pertence.

De acordo com a sinopse oficial que foi liberada, “Lady Ashley, uma aristocrata inglesa, viaja meio mundo para confrontar seu marido rebelde e vender um bem incomum: uma fazenda de gados de um milhão de acres no Outback australiano chamada Faraway Downs”.

Elenco e personagens

Na trama, Lady Sarah Ashley é graciosamente interpretada por Nicole Kidman, cuja reputação dispensa apresentações. Vencedora do Oscar de melhor atriz, além de diversos outros prêmios de prestígio, a australiana carrega em sua filmografia uma extensa e apreciada lista de trabalhos de destaque, a exemplo de De Olhos Bem Fechados (1999), O Estranho que Nós Amamos (2017) e O Homem do Norte (2022).

Exalando química, quem contracena com Nicole em Bem-vindos à Austrália é o ator e produtor Hugh Jackman (Wolverine), que dá vida ao charmoso Drover. E respondendo à perguntas dos amantes do longa, já foi adiantado que o telespectador pode esperar ver a construção de romance entre os dois.

Um dos personagens centrais do enredo é uma criança aborígene australiana chamada Nullah, que foi interpretado pelo ator mirim Brandon Walters. Na história, o menino e a sua família se vêem de mãos atadas pela política racial do governo regente.

No período em que a obra foi lançada, o diretor chegou a revelar que decidiu pegar uma noção do épico E o Vento Levou e virá-lo de cabeça para baixo como “uma maneira de usar o romance e o drama épico para iluminar os papéis das pessoas das Primeiras Nações e a cicatriz dolorosa das ‘gerações roubadas’ na história australiana”.

A citação remete ao personagem Nullah e os desdobramentos de sua vida no decorrer do filme. As gerações roubadas, como citou Luhrmann, refere-se a crianças que também são conhecidas como “crianças roubadas”, um termo que é usado para descrever os filhos dos aborígenes australianos que foram tiradas de suas famílias pela federação australiana.

Com um recorte histórico e relevante, a família de Nullah passa por diversos temores e perrengues em Austrália, mas é da criança que a Lady Sarah Ashley cria uma infinda sensação de empatia e carinho, sentimento que unirá os caminhos dos dois de forma transformadora e inesperada.

O elenco de Bem-vindos à Austrália conta ainda com David Wenham no papel de Neil Fletcher, Bryan Brown dando vida a King Carney, Jack Thompson interpretando Kipling Flynn, David Gulpilil como King George, David Ngoombujarra no papel de Magarri e Ben Mendelsohn como Captain Dutton.

Bem-Vindos à Austrália

Bem-Vindos à Austrália

Marcos de Austrália

O anúncio do projeto foi feito inicialmente em 2022, quando revelaram que uma versão em formato de série estava sendo desenvolvida. Embora as críticas em relação à Austrália tenham dividido opiniões na época em que chegou ao mundo, o inegável apelo que a produção exerceu no público é um dos motivos pelos quais o filme está sendo retomado depois de mais de quinze anos e em uma maneira reformulada.

O longa chegou a receber uma indicação ao Oscar na categoria de melhor figurino na 81º edição da aclamada premiação, além de ter vencido alguns importantes prêmios australianos, como o Film Critics Circle of Australia na categoria de melhor fotografia, entre outros.

Trazendo diversas críticas e abordando importantes temas como o preconceito racial, o diretor Luhrmann afirmou que há muitas nuances importantes para serem exploradas no enredo. “Embora o filme tenha vida própria na Austrália, houve outra narrativa dessa história; uma com diferentes camadas, nuances e até reviravoltas alternativas na trama que um formato episódico nos permite explorar”, pontuou.

Diferença entre o filme e a minissérie

A principal diferença entre o filme Austrália e a minissérie Bem-vindos à Austrália é que a nova produção vai incorporar cenas adicionais que por diversos motivos não puderam ser vistas longa. Além disso, nessa nova versão será disponibilizado também um final alternativo.

A ideia de transformar a trama em seis episódios aconteceu quando Luhrmann estava trabalhando em Elvis, que foi lançado em 2022. Quando as filmagens tiveram que ser interrompidas devido ao avanço do Covid-19, o diretor disse que começou a pensar na extensa quantidade de material que tinha gravado e produzido para Austrália, em 2007.

Atraindo entusiasmo de diversas partes, o projeto contou com o apoio de Craig Erwich, presidente do Disney Television Group. De acordo com uma nota divulgada pelo site Variety, ele afirmou que está ansioso para mergulhar outra vez na história de Austrália. “Estamos ansiosos para levar os espectadores para o rancho e vivenciar todas as histórias que permanecem e que continuam a se desenrolar lá”, expressou.

A estreia está marcada para 26 de novembro no Star+.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Pop Séries

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.