Skip to main content

Dracula

spoiler

A moda das produções sobre vampiros continua, mas Dracula, na contramão de The Vampire Diaries (2009-) e do filme Crepúsculo (2008), promete menos romance e menos vampiros politicamente corretos. Ambientada no período vitoriano, ela incorporará alguns elementos da obra homônimo, mas não seguirá a história à risca. A ideia do produtor executivo Tony Krantz é incorporar em Dracula um “encontro entre Ligações Perigosas [longa-metragem, 1988] e The Tudors (2007)” e “dar um clima dos filmes de David Lynch”.

Continua após a publicidade..

Falando em The Tudors, é justamente o ator Jonathan Rhys Meyers, antigo Henrique VIII na série, que dará vida a Dracula. O vampiro chegará à América como um empresário e formará uma aliança forçada com o lendário caçador de vampiros Abraham Van Helsing para destruir uma organização chamada de A Ordem do Dragão. Além de, claro, vingar-se das pessoas que o prejudicaram no passado e apaixonar-se por Mina Murray (Jessica de Gouw).

Rhys Meyers, em entrevista à Entertainment Weekly, prometeu um vampiro menos melodramático e mais inspirado no filme Drácula de Bram Stooker (1992), o seu favorito. “Eu queria [um Dracula] mais como Howard Hughes [aviador e milionário americano] do que romântico. Eu não estou fazendo Entrevista com o Vampiro (1994)”, prometeu o ator. Questionado sobre o seu personagem, Meyers ainda provoca. “Eu interpreto caras malvados como ninguém”.

A série ainda conta com Dan Knauf, criador de Carnivale (2003), como o principal roteirista e produtor de Dracula, junto a Cole Haddon. A NBC, canal que transmitirá a produção, já encomendou dez episódios do programa que estreia hoje (25) nos EUA – ainda sem previsão de chegar ao Brasil.

Acompanhe abaixo mais notícias da atração

• Por Anna Yves

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários