Skip to main content

História já ganhou adaptações na TV e no cinema

Criada pelo cartunista americano Charles Addams, A Família Addams (The Addams Family) já recebeu diversas versões para TV e o cinema.

Os Addams são uma inversão satírica da família americana ideal, excêntrica e rico que adora o macabro e não sabe que as pessoas os acham bizarros ou assustadores. A estreia dos personagens aconteceu em uma série de desenhos animados publicados no jornal The New Yorker, entre 1938 até a morte de seu criador, em 1988. Desde então, eles foram adaptados para outras mídias, incluindo séries de televisão (live-action e animações), filmes, videogames e um musical.

Nomes dos personagens da Família Addams

Os personagens da série de comédia A Família Addams, baseada nas histórias em quadrinhos de Charles Addams, tiveram seus nomes adaptados pela dublagem brasileira.

Gomez Addams (John Astin) e Mortícia (Carolyn Jones) viraram Covas e Mortiça. Uncle Fester (Jackie Coogan) tornou-se Tio Funéreo. Os filhos de Mortícia e Gomez, Wednesday e Pugsley, foram rebatizados de Wandinha e Feioso. O mordomo Lurch passou a ser Lacraio.

Quando o seriado ganhou uma versão animada, em 1973, Gomez e Mortícia ficaram com os nomes em inglês, mas Fester virou Tio Chico, o desaparecido irmão de Gomez, e Lurch, o mordomo da Família Addams, Tropeço. Os demais mantiveram a primeira tradução. Além dos membros principais, havia outros personagens como a Vovó Addams e o Primo Coisa.

Os dois filmes – A Família Addams (1991) e A Família Addams II (1993) – foram considerados grandes sucessos de bilheteria na década de 1990, com os mesmos nomes do desenho animado.

A primeira série da Família Addams

Em 1964, a rede ABC criou a série de televisão A Família Addams baseada nos personagens de desenhos animados de Addams. A série foi filmada em preto e branco e foi ao ar por duas temporadas, com 64 episódios de meia hora.

Durante a exibição original da série na televisão, o editor da New Yorker, William Shawn, parou de publicar as HQs pois acreditava que não agradaria o público mais refinado do jornal.

Já a primeira animação com os personagens foi no episódio Scooby-Doo Meets the Addams Family, que foi ao ar pela primeira vez na CBS em 1972. Quatro membros do elenco original apareceram no especial que envolvia os Addams em um mistério com a gangue do Scooby-Doo. Os personagens da excêntrica Família Addams foram desenhados de acordo com as especificações dos desenhos originais de Charles Addams. Depois que o episódio foi ao ar, os fãs queriam mais aventuras animadas com os Addams, o que logo aconteceu.

Leia mais:   O Homem de Seis Milhões de Dólares: quem era Steve Austin?

Além de tema de diversas séries, os personagens também receberam adaptação no cinema.

Série de Wandinha Addams

A Netflix está explorando a história de Wandinha Addams, ambientada em um internato, na nova série com direção de Tim Burton.

O streaming encomendou oito episódios de uma comédia de ação com “investigação, mistério sobrenatural, mapeando os anos de Wandinha como um estudante na Academia Nevermore. As tentativas de dominar sua habilidade psíquica iniciou uma monstruosa matança que aterrorizou a cidade local e envolveu seus pais há 25 anos – tudo isso enquanto navegava em seus novos e complicados relacionamentos.”

O programa, que explora a história de origem da personagem, é dos criadores de Smallville, Al Gough e Miles Millar, que também atuam como showrunners. A única filha da icônica Família Addams – foi retratada por várias atrizes ao longo dos anos. Christina Ricci encarnou a personagem em dois filmes nos anos 1990, enquanto Krysta Rodriguez a levou aos palcos da Broadway para o musical em 2009. Mais recentemente, Chloë Grace Moretz fez a voz de Wandinha no longa-metragem de animação de 2019.

A Família Addams e Os Monstros

Os Addams não foram a única família peculiar a conquistar a fama.

Enquanto trabalhava como cartunista para o The New Yorker, Charles Addams apresentou a ideia do que se tornaria a Família Addams na década de 1940. O quadrinho era para ser único, uma piada de um vendedor tentando vender um aspirador de pó para uma mulher gótica. Mas foi além!

Alguns anos antes, em 1931, a Universal lançava dois filmes de terror: Drácula e Frankenstein. Ambos exploravam monstros literários do século 19 e deram a eles uma visão um tanto moderna.

Leia mais:   Quem eram as criaturas de 'O Elo Perdido'?

Em 1943, Bob Clampett lançava o desenho animado sobre uma família de monstros para a Universal, bem no momento em que os Addams tomavam conta das páginas do jornal americano.

Nos anos 1960, tudo mudou na TV. Depois de uma década dominada pela comédia familiar como I Love Lucy, os sitcoms ficaram fora de moda. A Família Addams e Os Monstros traziam uma nova proposta, que fugia do enredo de bruxas, gênios, alienígenas, cavalos falantes, automóveis possuídos e mais.

O chefe da Universal, Lew Wasserman, queria trazer de volta os monstros clássicos do estúdio para a televisão. O piloto de Os Monstros foi filmado para a CBS no início de 1964 – e em cores! No entanto, o show acabou sendo gravado em preto e branco para economizar dinheiro.

A Família Addams estreou pela primeira vez na ABC em 18 de setembro de 1964. Os Monstros seguiu na CBS em 24 de setembro do mesmo ano.

Mesmo que ambas as famílias fossem assustadoras, elas tinham tons visivelmente diferentes. Os Monstros tinha uma trama mais tradicional e pastelão. Família Addams, no entanto, tinha como produtor Nat Perrin, que garantiu que o seu show de monstros tivesse uma vertente de sátira bizarra. Os Addams eram assustadores, góticos e tinha uma vibe sombria. Era muito diferente de outras família da televisão da época como os Andersons, de Papai Sabe Tudo, e os Nelsons, de The Adventures of Ozzie and Harriet. Mortícia e Gomez também tinham um “pet” muito particular, que na tradução brasileira ficou conhecido como Mãozinha.

Elas ficaram muito populares, mas a forte concorrência no horário nobre acabou fazendo com que ambas as séries tivessem apenas duas temporadas.

Os shows continuaram famosos entre as crianças. Isso levou as famílias a voltarem no formato de longa-metragem: Monstros, Não Amolem! (1966); A Família Addams (1991), A Família Addams 2 (1993) e A Família Addams (2019). Além de animações: como Scooby-Doo Meets the Addams Family (1973) e The Mini-Munsters (1973). Sem falar dos especiais para TV.

Leia mais:   Mercy: onde está o elenco da série hoje

Uma versão em desenho dos Addams surgiu na TV em 1973 e era exibido para crianças durante as manhãs de sábado. Outra empreitada no gênero aconteceu em 1992 e ficou em exibição por cinco anos. Dois atores da série original, Jackie Coogan e Ted Cassidy, emprestaram as vozes para os seus personagens.

Além disso, tanto os Addams quanto os Monstros tiveram revivals com The Munsters Today (1988-1991), que durou 73 episódios, e A Nova Família Addams (1998-1999), com 65 episódios ao todo.

wandinha

Wandinha ganha série com direção de Tim Burton

Curiosidades da Família Addams

– A Família Addams foi originalmente lançada como um cartoon criado por Charles Addams em 1938. As tirinhas retratavam a família fazendo coisas do dia a dia de maneiras bizarras e macabras. Os membros da família nunca foram oficialmente nomeados nas tirinhas, mas receberam nomes quando a história em quadrinhos foi adaptada para uma série de televisão.

– Alguns membros da Família Addams possuem poderes especiais, o que contribui para a sua estranheza. Eles são conhecidos por serem excêntricos e fora do comum.

– Wandinha é conhecida por gostar de torturar o seu irmão Feioso. Essa dinâmica peculiar entre os irmãos é um elemento marcante da família.

– O personagem Primo Coisa foi criado especificamente para a série de TV. Ele é conhecido por ser coberto por cabelos longos e falar em uma linguagem quase ininteligível.

– A clássica música tema foi criada por Vic Mizzy, que a gravou três vezes para parecer que eram três pessoas cantando. A concepção da música foi improvisada devido ao orçamento baixo da produção da série de TV.

– O personagem Mãozinha é apenas uma mão, mas nem sempre foi assim. Em algumas adaptações, ele é retratado como um personagem completo com um corpo pequeno.

– O nome de Wandinha, Wednesday em inglês, foi inspirado por uma canção de ninar. O nome reflete o aspecto sombrio e peculiar da personagem.

– Tim Burton, conhecido por seu estilo gótico e sombrio, recusou a oportunidade de dirigir um filme da Família Addams na década de 1990.

Organize sua maratona com o nosso Planner!