Skip to main content

História ganhou versões para TV e o cinema

“Audaciosamente indo aonde nenhum homem jamais esteve”. O texto de abertura da série clássica de Star Trek, mais conhecida no Brasil como Jornada nas Estrelas, define a obra até mesmo de forma literal.

Audaciosa e inovadora, a série foi precursora em seu segmento e revolucionou a ficção científica quando foi lançada, em 1966. Responsável até mesmo pela ajuda na invenção de diversos itens tecnológicos, o sucesso da trama foi tão grande que até os dias atuais ela continua sendo adaptada com novas aventuras.

No decorrer das décadas, o Capitão Kirk, assim como os demais comandantes e tripulantes da Frota Estelar encontraram um público fiel para o qual mostrar novas explorações e descobertas, tanto no formato cinematográfico como também em aventuras seriadas para TV.

Cada uma dessas adaptações foi protagonizada por atores que ficaram eternizados em seus papéis. Saiba quem já interpretou o lendário Capitão James Kirk.

William Shatner

capitao kirk star trek

O ator norte-americano William Shatner foi o primeiro a dar vida ao Capitão Kirk na série original Star Trek, dos anos 1960. Foi ele quem apresentou o personagem ao mundo.

O enredo acompanha Kirk, o capitão mais jovem de toda a história da Frota Estelar em seu comando da USS Enterprise, em uma missão de cinco anos.

Com três temporadas lançadas antes de ser cancelado, o programa retratou os três primeiros anos dessa missão. Ao lado do capitão, importantes e memoráveis personagens também ficaram marcados no imaginário do telespectador, a exemplo do primeiro oficial Spock (Leonard Nimoy) e do oficial médico chefe da nave, Leonard McCoy (DeForest Kelley).

  Como surgiu o nome Alf e de que planeta ele veio?

Além de protagonizar a série, o astro também participou dos sete primeiros filmes da franquia. Embora na ficção o seu personagem já esteja morto há trinta anos, o ator William Shatner, que atualmente está com 93 anos de idade, revelou recentemente que está aberto para voltar a interpretá-lo em alguma ocasião.

Chris Pine

star trek chris pine

Em 2009, um novo e alternativo universo foi apresentado ao público em Star Trek, filme que abordou uma diferente origem para o Capitão Kirk, sua formação e a maneira como ele conheceu o vulcano Spock.

A primeira diferença da linha temporal entre a série original e a nova franquia aparece logo no dia do nascimento de Kirk, que no longa é datado do ano 2233. A princípio retratado como uma pessoa impulsiva, rebelde e briguenta, o personagem aos poucos vai adquirindo a maturidade necessária para assumir o grandioso trabalho que tem em mãos.

O reboot, que foi intitulado como Star Trek, recebeu uma sequência de outros filmes. Em 2013, Além da Escuridão foi lançado e abriu caminho para Star Trek: Sem Fronteiras, que chegou às telonas em meados de 2016. Desde então, a quarta parte da franquia foi confirmada e está sendo aguardada, mas ainda sem data de lançamento.

Paul Wesley

star trek: strange new worlds

O terceiro ator a dar vida ao lendário Capitão Kirk foi Paul Wesley, que cativou uma legião de fãs como Stefan Salvatore, um dos protagonistas da série Diários de um Vampiro.

Embora o roteiro da série Star Trek: Strange New Worlds seja focado no Capitão Pike, Spock e Número Um explorando novos mundos ao redor da galáxia, a série escalou Wesley para viver uma versão mais jovem do amado comandante da nave estelar.

  Batman: qual personagem morreu na série dos anos 60?

A participação de Paul lhe rendeu um prêmio no Saturn Awards, na categoria de Melhor Participação Especial em Série Televisiva.

Outros capitães

Eternizado no imaginário de muitas gerações, o Capitão Kirk se tornou um símbolo de gigante importância para a história de Star Trek. Entretanto, ele não foi o único a comandar as missões de exploração através do universo.

A cada franquia lançada, os fãs de Jornada nas Estrelas são apresentados a personagens igualmente estimulantes, como foi o caso de Jornada nas Estrelas: A Nova Geração.

Lançada em 1987, a trama é ambientada setenta anos após os eventos da série original, dos anos 1960. O enredo trouxe como protagonista o Capitão Jean-Luc Picard, interpretado por ninguém menos que Patrick Stewart.

Mais velho, com um tom mais sério, analítico e diplomata, o capitão é um estudioso e defensor da ética, conhecido por sua integridade e sabedoria. Durante as missões, Picard está sempre se deparando com dilemas morais complexos.

Em 1995, foi a vez de Star Trek: Voyager surpreender o público e trazer uma mulher assumindo a poltrona do comando. A Capitã Kathryn Janeway, interpretada pela atriz Kate Mulgrew, é quem ditava as ordens a bordo da USS Voyager. Janeway foi a primeira mulher a protagonizar uma série de Star Trek no posto da capitã principal. Ela se destacava por sua grande habilidade de adaptação, força, além de possuir um extremo senso de compaixão em suas decisões.

  Qual é o modelo original do carro de 'A Super Máquina'?

O seriado foi um grande sucesso de audiência e ficou no ar até maio de 2001, completando sete temporadas lançadas e atingindo uma lista de 172 episódios produzidos.

Outro grande destaque é Star Trek: Discovery, que foi lançada em 2017. Nessa série, a personagem Michael Burnham, interpretada pela atriz Sonequa Martin-Green, ganhou destaque como uma oficial da Frota Estelar que acabou se tornando capitã da USS Discovery.

O enredo, que dividiu opiniões dos fãs, começa dez anos antes das conhecidas aventuras de Kirk, Spock e da Enterprise. Com uma ligação pessoal com Spock, Burnham ficou marcada principalmente por sua trajetória de redenção.

Enfrentando grandes desafios, incluindo viagens no tempo e guerras galácticas, Star Trek: Discovery é um bom exemplo da diversidade na forma de comando, trazendo uma perspectiva nunca vista anteriormente.

Além desses que foram citados acima, a lista de capitães que comandam o universo continua e ainda tem célebres nomes a serem citados, a exemplo do Capitão Christopher Pike, da nave USS Enterprise. Pike foi o antecessor de Kirk e ficou conhecido por seu estilo de liderança equilibrado e muito pautado na ética, que serviu como um modelo de moralidade e decência para seus sucessores. Uma de suas aparições acontece em Star Trek: Strange New Worlds, spin-off de Discovery.

Nessa versão, o ator norte-americano Anson Mount é quem vive o Capitão Pike ao lado de Ethan Peck, que trouxe um novo olhar e uma nova interpretação do clássico comandante Spock.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários