Globoplay estreia documentário sobre Marielle Franco no dia 13 de março
ProgramaçãoSéries Brasileiras

Globoplay estreia documentário sobre Marielle Franco no dia 13 de março

Por 9 de março de 2020 Sem Comentários
marielle franco

O Globoplay anunciou na última sexta-feira (6) o lançamento de Marielle – O Documentário. A série documental – realizada pela equipe de jornalismo da Rede Globo – acompanha a vida da vereadora, sua morte e as investigações que estão em andamento até os dias atuais. 

Marielle Franco nasceu na Comunidade da Maré, no Rio de Janeiro e foi eleita vereadora da cidade pelo PSOL-RJ, em 2016. No dia 14 de março de 2018, ela foi vítima de um atentado que tirou sua vida e a do motorista Anderson Gomes. O carro que eles estavam foi alvejado na praça Estácio, no centro da capital carioca. A assessora Fernanda Chaves conseguiu sobreviver ao ataque. Até hoje ninguém sabe quem foram os mandantes do crime. 

O Mecanismo: 2ª temporada mostra caso da Odebrecht e impeachment de Dilma

Nos seis episódios, o público poderá conhecer a origem de Marielle, desde sua infância e adolescência, sua entrada na política e sua atuação como vereadora. A produção conta depoimentos dos familiares das vítimas e de amigos. Inclusive um dos recursos da narrativa é a utilização de mensagens de áudios que ajudam a reconstituir momentos significativos de sua vida. “A gente queria chegar nessa Marielle fora do discurso, saber quem é a filha, a mãe e a irmã”, contou a editora Eliane Scardovelli. “E a mensagem do WhatsApp é algo muito cru para ir desvendando essa pessoa.”. 

O documentário também acompanha as investigações do caso que até hoje não teve uma conclusão definitiva. Há entrevistas com policiais, jornalistas que cobriram o caso, procuradores e autoridades políticas. “O que nós não fizemos foi papel de polícia. A gente não investigou o crime, mas a gente mergulhou profundamente em que investigou o crime, entrevistou muita gente envolvida diretamente na investigação” disse o produtor executivo Ricardo Villela. “E fizemos o que os jornalistas dessa área fazem: um mergulho muito profundo em todo inquérito, em cada página, que é o alicerce do doc”. 

Vilella afirmou que o caso relacionado ao porteiro do condomínio do presidente Jair Bolsonaro será retratado na série. “Foi algo tão relevante que ganhou espaço no jornalismo da Globo e de toda imprensa. Ele não trás nenhuma relevação sobre isso, mas está contemplado no sexto episódio”. 

Submersos: Paramount Channel estreia série brasileira, com Guilherme Weber, no dia 02 de março

A assessora Fernanda Chaves aparece na estreia contando detalhadamente todos os acontecimentos do dia da morte de Marielle, o que ela lembra do assassinato e como sua vida se transformou ao ser retirada do país por medida de segurança. 

Vilella comentou que não descarta a possibilidade de realizar futuros episódios que acompanhem o andamento do caso até a conclusão de quem foi o mandante do assassinato de Marielle. “Estamos torcendo para isso,  que esse crime seja solucionado e mereça uma revisita do documentário. Ele se encerra em seis episódios como documentário, mas ainda há muitas perguntas a serem respondidas”. 

O primeiro episódio da série será exibido na Rede Globo no dia 12 de março, após o BBB. A temporada completa está disponível no dia seguinte (13) no Globoplay. 

Loading...
Pop Séries

Pop Séries

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.