Skip to main content

Produção mostrou o poder e riqueza do clero

Abordando diversos eventos históricos, a série televisiva Os Bórgias foi criada pelo cineasta e escritor irlandês Neil Jordan e chegou ao público em meados de 2011.

Com uma produção canadense-húngara-irlandesa, a trama é baseada na família Bórgia, oriunda de uma dinastia italiana e que se tornou uma das famílias mais relevantes e importantes durante o Renascimento.

Lembrada por ter um governo extremamente corrupto, eles foram acusados de cometer uma série de crimes de diversos tipos, a exemplo de roubo, subornos, assassinatos, entre outros.

O enredo de Os Bórgias

Conturbada e cheia de reviravoltas, a série tem como premissa principal retratar a ascensão da dinastia Bórgia ao alto clero da Igreja Católica Romana, incluindo todos os esforços – legais e ilegais – que ela usa para chegar e se manter nessa posição.

Com foco no patriarca Rodrigo Borgia (Jeremy Irons), que se torna o Papa Alexandre VI, a primeira temporada mostra como o personagem conseguiu o cargo através de propinas e simonia, ou seja, usando indevidamente de favores divinos, bençãos, cargos eclesiásticos, entre outros atos.

Para alcançar a posição, Rodrigo conta com a ajuda de seus filhos: o primogênito César (François Arnaud) e o arrogante e imprudente Juan (David Oakes), que seguem os mesmos passos de seu pai em relação à ambição por poder.

Quando finalmente se torna Papa Alexandre VI, o personagem principal acaba atraindo toda a família para as obscuridades da política europeia daquela época, que incluíam rivalidades com famílias italianas e alianças do Colégio dos Cardeais. 

  Qual é o modelo original do carro de 'A Super Máquina'?

Por outro lado, motivado pela frustração de sua derrota, Giuliano Della Rovere (Colm Feore), um poderoso Cardeal da Igreja Católica Romana viaja por toda a Itália e França em busca de aliados para depor o Papa Alexandre VI. Giuliano não mede esforços e dedica toda sua influência e poder para conseguir o que quer.

Produção e curiosidades

Lançada em 2011, a transmissão original de Os Bórgias era feita pela Showtime. A primeira temporada da série é composta por nove episódios, ao passo que as demais partes tiveram dez capítulos cada. A produção foi encerrada em junho de 2013, totalizando três temporadas.

Embora o núcleo central da trama tenha raízes históricas, a série é uma ficção histórica, o que lhe permite livres adaptações, incluindo algumas que geraram críticas em relação a imprecisão de alguns dados e eventos.

Com uma produção de alta qualidade, incluindo cenários e figurinos detalhados que capturam com riqueza de detalhes a época que retrata, Os Bórgias trouxe ao público uma representação envolvente visualmente sobre uma das famílias mais infames da história renascentista.

Atualmente, as três temporadas de Os Bórgias estão disponíveis estão disponíveis para streaming no catálogo do Star+, assim como no Paramount+.

O elenco de Os Bórgias

the borgias

Elenco da série

Vencedor de importantes prêmios, incluindo um Oscar, três Emmy e um Tony, o ator britânico Jeremy Irons foi o responsável por interpretar o poderoso e opulente Rodrigo Borgia, ou seja, o Papa Alexandre VI.

O franco-canadense François Arnaud é quem deu vida ao filho mais velho da família, César Bórgia, ao passo que David Oakes viveu Juan Bórgia, cuja história na série está marcada por assassinato, incesto, ameaças e vinganças.

  Como surgiu o nome Alf e de que planeta ele veio?

Usada como peão dos Bórgias em alianças políticas, a bela Lucrécia Bórgia, filha de Alexandre VI, é interpretada pela atriz Holliday Grainger. Seu relacionamento proibido com o próprio irmão é motivo de escândalo para a Igreja Católica.

A matriarca da Família Bórgia, Vannozza dei Cattanei, é retratada pela atriz Joanne Whalley. Ela mantém um relacionamento conturbado com o marido Rodrigo, que tem diversas amantes. Uma delas é a independente e astuta Giulia Farnese, interpretada por Lotte Verbeek.

Série baseada em fatos reais?

Conforme foi mencionado no texto, sim, a série Os Bórgias é baseada em fatos reais e tem fundamento em uma das famílias mais importantes e cheias de escândalo do período renascentista.

Assim como a maioria das adaptações audiovisuais, vários aspectos, dados e fatos narrados nos livros de história foram alterados durante os episódios.

Dentre as discordâncias históricas narradas no enredo, está a morte do Príncipe Cem, que faleceu em 1945 quando estava sob custódia da Coroa francesa. Sua morte, porém, não foi associada a assassinato.

Outro dado alterado pelo roteiro da série foi o de Orsino Orsini, que historicamente era marido de Giulia Farnese, e não Cardeal.

O retrato do filósofo Nicolau Maquiavel como conselheiro dos Bórgias, a prática de incesto entre os familiares, entre outras nuances do enredo, também são relatadas como adaptação e como uma forma de tornar os capítulos mais interessantes e chamativos.

  Quantas Panteras existiram na série de TV?

Resumo das temporadas

A primeira temporada de Os Bórgias é iniciada com Rodrigo Borgia conspirando para se tornar o Papa Alexandre VI, usando de alianças estratégicas e de subornos para assegurar sua eleição. Após sua ascensão, porém, ele começa a enfrentar oposição de Cardeais rivais, especialmente da família Orsini.

Essa fase da série termina com a execução de diversos inimigos e com o fortalecimento do controle dos Bórgia sobre Roma, apesar das contínuas ameaças internas e externas que eles estão sofrendo, o que abre caminho para a segunda temporada, que é focada na luta da família para expandir ainda mais o seu poder e a sua influência.

Dentre os principais acontecimentos está a invasão francesa, que ocorre quando o rei Carlos VIII, da França, invade a Itália, ameaçando Roma.

Cheia de reviravoltas, a temporada aborda o assassinato de Juan e o novo casamento de  Lucrezia, que acaba se envolvendo Alfonso de Aragón. A morte de Juan, ao que tudo indica sendo por mando de César, fortalece o irmão como o líder militar da família.

A temporada final de Os Bórgias retrata a crescente ambição de César, que ao se libertar das amarras da Igreja, torna-se um comandante militar e conquista muitos territórios na Itália.

Cheia de conflitos internos, brigas políticas, mortes e desafios, a trama segue com Rodrigo enfrentando novas conspirações e ameaças à sua posição como Papa, inclusive de dentro do próprio Vaticano.

Apesar de ter sido planejado para ter mais temporadas, Os Bórgias acabou sendo cancelada após a terceira parte, deixando algumas tramas inacabadas, o que gerou infelicidade por parte do público fiel.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários