Skip to main content

Série foi um grande sucesso da década de 1980

Lançada em 1986, a série Alf, o ETeimoso se popularizou como uma das mais conhecidas e queridas do gênero na época em que chegou à telinha. A trama contava a história de um pequeno e atrapalhado alienígena que, por acidente, acabou parando na casa de uma típica família norte-americana.

Inovadora para a sua época, a produção ficou no ar até o ano 1990, quando chegou ao fim de forma inesperada. Os custos com a tecnologia, que era bastante rara na época, foi um fator determinante para que o programa fosse interrompido.

O pequeno visitante de outra galáxia era um boneco movido a controle remoto. Ocasionalmente, nos momentos em que ele se locomovia, um humano fantasiado era inserido na cena como um dublê.

Com o final inesperado da série, que deixou um episódio em aberto e cheio de dúvidas a serem respondidas. Apenas seis anos depois os produtores conseguiram criar um filme para concluir a narrativa do personagem. Intitulado Projeto: ALF, o longa foi oficialmente lançado em 1996.

Como Alf veio para a Terra?

Embora divertida, a história de vida do pequeno alienígena também é marcada por tragédia e abandono.

Após o seu planeta natal, Melmac, ter sofrido uma explosão, Alf despencou sua nave na garagem da família Tanner. Sem ter meios para retornar ao seu lar, o visitante acaba sendo acolhido pelos habitantes locais e protegido de um grupo do exército cuja missão é capturar alienígenas.

Adotado como parte da família, a criatura logo conquistou os corações da vizinhança e começou a fazer parte do convívio de todos. O único problema é que Alf estava constantemente se envolvendo em diferentes confusões, travessuras no jardim dos vizinhos, ligações diárias às redes televisivas e ataques a gatos de estimação, causando muito caos por onde passava.

  Qual é o modelo original do carro de 'A Super Máquina'?

Como surgiu o nome de Alf?

No planeta onde nasceu, o querido ET tinha um nome de batismo: Gordon Shumway.

Quando passou a viver entre os humanos, o simpático protagonista de Alf, o ETeimoso foi carinhosamente apelidado por seu amigo humano Willie Tanner (Max Wright).

O nome Alf se trata de uma sigla para a frase Alien Life Form, que em português significa “forma de vida alienígena.”

A voz original de Alf foi realizada por Paul Fusco, o produtor da série. No Brasil, foi dublado por Orlando Drummond, o mesmo de Scooby-Doo e Popeye. Na época, o ator também interpretava o personagem Seu Peru, na Escolhinha do Professor Raimundo, e acabou inserindo alguns jargões do programa na dublagem do alienígena.

Alf era arrogante, guloso e teimoso, o que resultou no nome da série. Mesmo com sua personalidade, ele conquistou o coração do público com as suas brincadeiras e trapalhadas ao longo dos anos.

A série extraterrestre

O começo dos anos 1980 foi marcado pelo lançamento de E.T. O Extraterrestre, uma das maiores obras do aclamado Steven Spielberg. Estrelando nos cinemas pela primeira vez em 1982, a obra cativou tanto o público que abriu portas para que outros extraterrestres também fizessem seu caminho até as telas.

Estrondoso sucesso de bilheteria, a produção chegou a arrecadar incríveis 792.9 milhões de dólares e conseguiu se manter como um dos filmes mais vendidos da história do cinema por anos a fio, um feito memorável.

  Batman: qual personagem morreu na série dos anos 60?

Trazendo uma narrativa de acolhimento humano semelhante a do longa, foi nessa pegada que a sitcom Alf, o ETeimoso foi produzida. Aproveitando o embalo, o período de seu lançamento contribuiu para que a série também fosse bem recebida e cativasse uma legião de telespectadores que podiam acompanhar as aventuras de um novo extraterrestre desde o conforto de seus lares.

O que aconteceu com Alf após o fim da série?

Benji Gregory alf

História só ganhou desfecho em filme, anos após o final do seriado

Com apenas quatro temporadas produzidas, Alf acabou tendo um final que não agradou tanto os fãs. Inesperado, o rumo que a história tomou divide opiniões até os dias atuais.

Embora tivesse um elo com a família que o adotou e o protegeu, o pequeno extraterrestre descobre, através de seus amigos, a existência de outro planeta no qual eles têm uma oportunidade de fazer um novo lar.

Alf não hesita em aceitar o convite e decide acompanhar os amigos nessa nova jornada, porém, o Alien Task Force, grupo cuja missão é procurar por ETs, acaba ficando sabendo de tudo.

Antes que consiga ir embora, a criatura é deixada para trás pelos demais e acaba sendo capturada pelos agentes. Surpreendendo a todos, a própria família Tanner também não interfere na missão e o deixa ser levado embora.

O episódio termina com a sinalização de que continuaria na próxima temporada, porém, ela nunca existiu. Conforme mencionado anteriormente, a série acabou sendo cancelada, o que deixou no ar por muitos anos a dúvida de qual tinha sido o destino do doce Alf.

  Como o Capitão América ficou velho em 'Vingadores'?

Projeto: ALF

Por aproximadamente seis anos, os fãs do seriado ficaram com o grande mistério martelando em suas cabeças: afinal, que fim teve Alf? Foi somente em 1996 que essas dúvidas foram sanadas com o lançamento do filme que recebeu o título de Projeto: ALF.

Produzido especialmente para a televisão, o longa mostra o personagem preso em uma base militar e revela que ele acaba sendo solto por dois cientistas, além de assumir o prestigiado cargo de embaixador de uma galáxia. Agridoce, a trama também mostra que a família Tanner foi mandada pelo governo para a Islândia.

Embora a produção tenha sido um bom desfecho para a série, além de matar a curiosidade que ficou no ar por longos anos, o filme não obteve o mesmo sucesso do seriado. Longe disso. Naquele período, a produção não teve o alcance que pretendia e muita gente, até os dias atuais, desconhece a existência de Projeto: ALF.

Em 2018, o TVLine reportou que a Warner estava trabalhando em um reboot de Alf, o ETeimoso. Já em 2023, a produtora Maximum Effort, empresa que foi co-fundada pelo ator Ryan Reynolds, anunciou que comprou os direitos da série clássica e que tinha planos de criar novos conteúdos sobre o o personagem trapalhão.

A proposta, entretanto, não se trata de um remake propriamente dito, mas sim de uma espécie de maratona nostálgica que pretende intercalar pequenos e novos episódios que terão como objetivo promover marcas patrocinadoras. Paul Fusco, criador do personagem, também está envolvido na produção.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

1 Comentário
Novos
Antigos Mais votados
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
william haddad
william haddad
7 anos atrás

faço questão de aproveitar para enaltecer o nosso grande Orlando Drummond, talvez isso se não o for, um dos maiores dubladores brasileiro imortal, carismático, talentoso …