Skip to main content

A Turma do Mistério já ganhou diversas adaptações na TV e no cinema

Desde sua primeira aparição, em 1969, o Scooby-Doo tornou-se um verdadeiro ícone da cultura pop. Junto com a Turma do Mistério, ele protagonizou séries de TV, filmes, videogames e até encontrou com Dean e Sam Winchester.

Continua após a publicidade..

Mas o desenho do cachorro falante e comilão demorou muito tempo para desenvolver a fórmula original. Revelamos algumas curiosidades do personagem.

Frank Sinatra como inspiração para o Scooby-Doo

Sinatra era um cantor popular quando o show estava sendo desenvolvido e ele era famoso pela criação de novas palavras. Há uma passagem na música Strangers in the Night onde Sinatra canta “Doobie do bee do”, o que serviu de inspiração para o nome do personagem.

Continua após a publicidade..

Qual é a raça do Scooby-Doo?

Ele é um Dogue Alemão, uma raça muito grande de cachorro. Originalmente, Scooby foi planejado para ser um cão pastor peludo. De acordo com o criador, ele foi concebido para parecer o oposto de uma raça perfeita, mais pateta e desajeitado.

Fred e Daphne são um casal?

No filme de 2002, Fred e Daphne são interpretados por Freddie Prinze Jr. e Sarah Michelle Gellar. Fora da ficção eles são um casal desde que se conheceram no set do filme de terror Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado. No desenho animado, eles nunca deveriam ser um casal, mas com o tempo e devido à popularidade dos fãs, eles se tornaram um.

Scooby-Doo e convidados

Nomes como Mama Cass, da banda The Mamas and the Papas, Dick Van Dyke e a lenda do terror Vincent Price apareceram no show. E até os irmãos Winchester conheceram a turma do mistério em um episódio da 13ª temporada de Supernatural, intitulado ScoobyNatural.

 

Scooby-Loo

Scooby-Loo foi um dos diversos integrantes da família Scooby apresentados na série. O sobrinho de Scooby-Doo apareceu no final dos anos 1970 para tentar alavancar os índices de audiência e impedir que a série fosse cancelada. Mas ele era um péssimo exemplo para as crianças. Principalmente, porque não trabalhava com o restante da equipe.

Scooby-Doo e os heróis da DC Comics

Scooby-Doo e a DC Comics pertencem ao mesmo grupo de publicações de quadrinhos e por isso vários heróis já participaram das histórias do Scooby. Entre eles, o Batman e a Mulher-Maravilha resolveram mistérios juntamente com os protagonistas na série Scooby-Doo e Convidados.

A Velma, de Scooby-Doo, vai ganhar série própria na HBO Max

O verdadeiro nome do Scooby-Doo

O nome completo do personagem é Scoobert-Doo. Originalmente ele deveria se chamar Too Much, que significa “demais”em português. Após o criador ouvir a canção de Sinatra, o nome foi modificado.

Salsicha vegetariano?

O primeiro narrador do querido Salsicha, Casey Kasem, tinha a ideia fixa de que o personagem deveria ser adepto ao vegetarianismo. Ele levou a história tão a sério que chegou a se demitir após o personagem participar de um comercial para uma rede de lanchonetes.

Recordistas

Scooby e Salsicha são os únicos personagens que aparecem em todos os episódios e em todas as produções da franquia.

Também a saga de Scooby-Doo entrou para o ranking como o quinto melhor desenho animado da história, segundo a revista norte-americana TV Guide.

Em 2004 foi ao ar o episódio de número 350 e a transmissão simplesmente bateu recordes de audiência em todo o mundo.

Séries do Scooby-Doo

Confira agora as diversas versões dessa franquia de sucesso atemporal.

Scooby-Doo, Cadê você? (1969-1970)

Para quem ama o clássico, essa é, com certeza, a melhor versão. Além de ser a pioneira, aqui as aventuras e as características peculiares de cada personagem são reveladas com maestria.

A tradicional van verde clara, a Mystery Machine, que leva os amigos para as aventuras em todo o país tornou-se um clássico atemporal.

Os Novos Filmes de Scooby-Doo (1972-1973)

Com o sucesso estrondoso, a CBS decidiu dar uma nova roupagem a série e o nome escolhido foi Os Novos Filmes de Scooby-Doo. Curioso, não?

No novo formato a duração dos episódios aumentou e convidados começaram a ser inseridos na trama. A cada episódio celebridades reais se juntavam ao grupo para solucionar algum mistério. A maioria deles eram celebridades vivas que davam sua própria voz para as animações.

O Show do Scooby-Doo (1976-1978)

Essa foi uma fase de adaptação para Scooby e sua turma, pois com a saída do produtor Fred Silverman da CBS, em 1975, toda a turma o acompanhou para uma nova emissora, a ABC.

A mudança de canal não alterou a trama, que continuou focada na resolução de mistérios sobrenaturais, revelando pessoas com más intenções e um bom disfarce.

Aqui, alguns episódios começaram a sofrer críticas e comparações com a primeira versão, que segundo especialistas da época, tinha mistérios mais atraentes e engraçados.

Scooby Ho-Ho-Límpicos (1977-1978)

É uma das versões menos conhecidas da franquia sendo uma paródia das Olimpíadas.

Scooby-Doo e Scooby-Loo (1979-1980)

Conhecemos o sobrinho de Scooby-Doo, o Scooby-Loo. Aqui os personagens Fred, Velma e Daphne têm pouco destaque, com o foco nas aventuras de Salsicha, Scooby-Doo e Scooby-Loo.

Scooby-Doo e Scooby-Loo (1980-1982)

A série mantém o nome da sua antecessora, mas apresenta uma estrutura totalmente diferente, sendo considerada uma produção distinta.

Neste novo formato os outros integrantes voltam a ter destaque na trama, provando que a versão clássica é a mais querida entre os fãs.

O Novo Show do Scooby-Doo e do Scooby-Loo (1983-1984)

Há o resgate de elementos antigos da série e o retorno de Daphne que ausente da narrativa há três anos.

Uma das críticas a esta versão é que os enredos são simplórios demais, chegando a serem considerados bobos segundo alguns jornalistas da época. Vale lembrar que Scooby-Doo foi criado para o público infanto-juvenil, então não se pode esperar grandes dramas existenciais, não é mesmo?

Os 13 Fantasmas de Scooby-Doo (1985)

Foi considerada uma das tentativas mais arriscadas de mudança no enredo. Pela primeira vez os monstros eram reais, provocando um grande salto em relação às produções anteriores.

Infelizmente, a mudança não agradou o grande público e o show acabou sendo cancelado com apenas 13 episódios.

O Pequeno Scooby-Doo (1988-1991)

Na animação acompanhamos o Scooby e sua turma ainda crianças – é uma das versões mais queridas do grande público. A trama segue o desenho original, com mistérios e muita diversão.

Velma, Daphne e Fred adquirem mais personalidade e novos personagens são inseridos a esse universo fantasmagórico.

O Que Há de Novo, Scooby-Doo? (2002-2006)

O estilo mais moderno de animação teve seu enredo baseado no clássico de 1969. No Brasil e em toda a América Latina, essa foi a versão de maior sucesso.

Com mistérios interessantes e maior qualidade gráfica, a série popularizou a trupe de amigos aventureiros em todo o globo.

Salsicha e Scooby Atrás das Pistas (2006-2008)

Com personagens redesenhados, essa versão tem foco total em Scooby e Salsicha. Velma, Fred e Daphne aparecem de forma secundária como em Scooby-Doo e Scooby-Loo, o que desagradou um pouco os fãs da versão original.

De uma forma geral, a série foi bem recebida. Na trama, vemos Scooby e Salsicha tentando parar uma terrível organização do mal.

Scooby-Doo! Mistério S/A (2010-2013)

Trazendo a antiga fórmula de volta ao público, onde todo o grupo se empenha na resolução dos mistérios, a trupe passa a focar na sua cidade natal, que é repleta de situações assombrosas.

Mesmo sendo fortemente inspirada pela versão clássica, a série consegue trazer elementos modernos, novas habilidades e tecnologias que os auxilia nas investigações.

Aqui entramos em contato com o lado emocional dos personagens – e surge até um romance entre Velma e Salsicha.

É uma versão que agrada muito os fãs da franquia.

Que legal, Scooby-Doo! (2015-2018)

O enredo ganha uma veia cômica mais proeminente do que as versões anteriores. Os personagens são retratados na adolescência e o drama ganha contornos envolvendo a problemática juvenil.

É considerada por muitos uma versão mais fraca, com mistérios pouco interessantes e nenhuma profundidade com os personagens.

E para surpresa de todos Daphne se transforma em uma espécie de psicopata nesta versão.

Scooby-Doo e Adivinha Quem? (2019-2021)

O novo estilo remete a como os desenhos eram produzidos nas décadas de 1960 e 1970, mas com a qualidade das animações modernas.

Sempre com convidados diferentes a trama fica mais animada e dinâmica, levando o grupo a encarar diversos momentos sinistros ao lado de personalidades mundiais – até Abraham Lincoln apareceu na história.

scooby o filme

SCOOBY! O Filme

Cinema

Scooby-Doo (2002)

Sem sombra de dúvidas o projeto live-action agradou tanto os fãs mais antigos e tradicionais, quanto os novatos.

O elenco foi muito bem escolhido e contou com Matthew Lillard como Salsicha, Freddie Prinze Jr. Como o galã Fred, Sarah Michelle Gellar como a bela Daphne, e Linda Cardellini dando vida a Velma.

Aqui o grupo se separa após a solução de mais um mistério, tudo devido ao ego de Fred. A trupe de aventureiros volta a se reunir dois anos depois quando o dono de um parque solicita a ajuda deles para solucionar mais um mistério.

O filme foi um sucesso estrondoso e trouxe Scooby e seus amigos novamente aos holofotes. O segundo filme, Scooby-Doo 2: Monstros a Solta, foi lançado trazendo a reabertura da Mistérios S/A.

Scooby! O Filme (2020)

O filme é uma das coisas mais fofas que você vai ver, afinal conhecemos a versão filhote do Scooby.

No longa-metragem, Scooby e sua turma encaram o seu maior e mais difícil mistério de todos os tempos: um plano maligno para liberar o cão fantasma, Cérbero, no mundo. Agora eles tentam evitar “apocãolipse” a todo custo, ao passo que a turma descobre que Scooby tem um legado secreto e um destino maior do que qualquer um podia imaginar.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Pop Séries

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.