Skip to main content

Em meio a crise do estúdio, herói de Zachary Levi é um deleite para os fãs

Shazam! Fúria dos Deuses estreia nos cinemas nesta quinta-feira (16) e continua sendo um dos acertos da DC. Em meio a um processo de reformulação do universo, é uma pena pensar que o herói interpretado por Zachary Levi pode não retornar para uma nova aventura (e o mesmo pode acontecer com Gal Gadot, a Mulher-Maravilha).

Assim como o personagem principal, a franquia do herói não tem grandes pretensões de apresentar favoritos dos fãs ou então de criar uma nova “hierarquia” na DC – algo que Adão Negro, de Dwayne Johnson, falhou miseravelmente. É como nos quadrinhos: Billy Batson é um garoto comum até que recebe os poderes originário dos deuses de um Mago. Ele tem o coração puro, mas falta a maturidade para assumir os desafios da nova missão. E aí está toda a graça da história.

Na sequência, Shazam! enfrenta as Filhas de Atlas, interpretadas por Lucy Liu, Rachel Zegler e Helen Mirren. E o trio não está contente que o grupo de adolescentes tenham em suas mãos os poderes do deuses.

 

Mesmo que elas ainda tenham uma certa visão estereotipada do vilão caricato (como o Doutor Silvana, no primeiro filme), as Filhas de Atlas estão coerentes com a personalidade da franquia. A opção por misturar a ameaça à vida na Terra, com monstros assustadores e assassinos, com o tom cômico é o que sustenta o longa-metragem. Bem diferente da vertente sombria e maçante de Liga da Justiça.

Também é satisfatório ver Billy (Asher Angel) crescendo e se adaptando a nova vida em família. Feliz, ele ainda tem medo de perder tudo o que conquistou e lida com as questões relacionadas ao abandono de sua mãe biológica. E dividir os seus poderes não fez as suas inseguranças desaparecerem.  O irmão adotivo do protagonista, Freddy Freeman (Jack Dylan Grazer), é ainda o responsável pelas cenas mais engraçadas da trama. É impossível não rir com a amizade inesperada entre o garoto geek e o Mago, que retorna de uma forma inesperada.

Leia mais:   Música: Camila Mendes estrela novo filme do Prime Video

O elenco ainda conta com a participação de Grace Fulton (Mary Bromfield), Ian Chen (Eugene Choi), Jovan Armand (Pedro Peña) e Faithe Herman (Darla Dudley). Os atores Adam Brody, Meagan Good, Michelle Borth, Ross Butler e D.J. Cotrona voltam como as versão heróicas dos personagens.

Shazam e os deuses

Shazam! Fúria dos Deuses explica ao público a origem dos poderes do protagonista.

Quando Billy Batson grita “Shazam!” para se transformar no super-herói, ele invocava os poderes de Salomão, Hércules, Atlas, Zeus, Aquiles e Mercúrio. Os deuses mitológicos cuja as iniciais foram a palavra mágica.

Tais poderes lhe são conferidos pelo Mago, com seu cajado mágico. Só que, milhares de anos antes, essas habilidades foram “roubadas” do pai das Filhas de Atlas, condenando todo o seu mundo a ruína. Essa foi a forma de proteger a humanidade de seus caprichos e maldades.

Quando o herói quebra o cajado ao final do primeiro filme, ele liberta as deusas de seu aprisionamento, que agora buscam vingança e uma semente que pode salvar o seu mundo origem.

E toda essa trama tem uma relação especial com uma semideusa, a Mulher-Maravilha, que (sem spoilers!) faz uma participação especial no longa-metragem.

shazam furia dos deuses

Helen Mirren como uma das vilãs de Shazam!

Crise na DC

A DC está passando por uma grande remodelação após o anúncio de que James Gunn e Peter Safran assumiram juntos o cargo de presidentes do estúdio. Não haverá mais nenhuma referência ao universo de Zack Snyder e com isso, o destino de Ben Affleck, Gal Gadot e Jason Momoa estão selados. 

Leia mais:   Mad Max: Anya Taylor-Joy é Furiosa em filme da franquia

Henry Cavill, que estava confirmado para estrelar um novo filme como o herói Super-Homem, também não deve retornar. A ideia é trazer uma nova história para as telas, com uma versão mais jovem de Clark Kent. 

“Depois de ser informado pelo estúdio para anunciar meu retorno em outubro, antes da minha contratação, esta notícia não é a mais fácil, mas é a vida”, escreveu Cavill em um comunicado publicado nas redes sociais. “A troca da guarda é algo que acontece. Eu respeito isso. James e Peter têm um universo para construir. Desejo a eles e a todos os envolvidos com o novo universo boa sorte.”

Somente o Batman, com Robert Pattinson, e o premiado Coringa, que ganhará sequência protagonizada por Joaquin Phoenix e Lady Gaga, estão confirmados como novos projetos da DC. 

Vale lembrar que Patty Jenkins já havia criado o roteiro para o terceiro filme da Mulher-Maravilha, que também foi descartado. O destino de Besouro Azul, com Xolo Maridueña e Bruna Marquezine, ainda é incerto. Adão Negro é um capítulo a parte. Dwayne Johnson demorou 10 anos para tirar o anti-herói das páginas dos quadrinhos para as telas do cinema. Os números de bilheteria também provaram que muita gente não comprou a ideia: enquanto Pantera Negra, da Marvel, arrecadava mais de 546.3 milhões de dólares em sua estreia, Adão Negro não tinha ultrapassado 400 milhões.

Leia mais:   Minha Culpa 2: quando estreia o novo filme?

Boatos apontam que Dwayne Johnson se negou a participar do filme do Shazam!, o inimigo declarado de seu personagem dos quadrinhos. Ele teria usado a presença do Super-Homem para pressionar a DC para uma nova sequência. Não deu certo e a briga foi parar nas redes sociais, com o The Rock, deixando de seguir as contas da Warner Bros. e da DC no Instagram.

Organize sua maratona com o nosso Planner!