Skip to main content

Os fãs de Breaking Bad contaram os segundos para a estreia de Better Call Saul. O spin-off, também criado por Vince Gilligan e Peter Gould, foi responsável por destacar a trajetória de Saul Goodman (Bob Odenkirk), o fanfarrão advogado de Walter White.

A premissa da série foi assertiva e conseguiu implementar uma grande ideia: pelo fato da história ser ambientada antes da saga de Breaking Bad, a narrativa ganhou pontos ao ressuscitar vilões simbólicos como Tuco Salamanca e contar o passado de personagens tão ambíguos como Mike Ehrmantraut (Jonathan Banks).

O interessante é analisar que todos os protagonistas criados por Gilligan partem da mesma premissa: homens de boa índole, que possuem valores morais arreigados e que, de certa forma, são considerados perdedores pela sociedade. E sendo assim, a partir de um momento de ruptura decidem redirecionar suas vidas para o caminho do mal. Walter descobriu que estava com câncer, Saul foi traído pela soberba de seu irmão e Mike enfrentou a morte de seu filho.

Better Call Saul possui grandes acertos. Entender as origens de Saul, que na verdade atende pelo nome de Jimmy McGill, faz com que a narrativa de Breaking Bad tenha ainda mais sentindo. O advogado, formado pela Universidade de Samoa, foi rejeitado e humilhado por Chuck apesar de demonstrar uma grande força de vontade em se tornar um profissional de sucesso.

Com um otimismo digno de pena, Jimmy tenta a cada episódio vencer de forma nobre e respeitável. Porém, o cada frustração, ele percebe que a melhor saída para o êxito é driblar, enganar e tirar vantagem de pessoas com índoles tão duvidosas quanto ele. O protagonista tentou ganhar clientes em acidentes de trânsito propositais e armou um resgate heróico para conseguir propaganda gratuita na televisão.

A única preocupação – e talvez pressão – que os criadores tenham é o caminho de transformação de Jimmy para Saul. A narrativa da série se tornou lenta ao longos dos episódios e faltaram cenas drásticas, muito características em Breaking Bad. Ser advogado do maior anti-herói da história da televisão americana requer perspicácia, destreza e um grande desprendimento para o lado mais obscuro e instintivo do ser humano.

Better Call Saul: Mike enfrenta um perigoso inimigo

Jonathan Banks, como Mike em Better Call Saul

Organize sua maratona com o nosso Planner!