Skip to main content

Saiba mais sobre a carreira da atriz

Antes de viver Branca de Neve em Once Upon a Time, Ginnifer Goodwin já trilhava uma carreira promissora no cinema e na televisão. Nascida nos EUA, em 1978, a atriz se aperfeiçoou na profissão durante o curso de graduação na Boston University, onde recebeu um prêmio BFA (o mesmo reconhecimento foi dado a Emily Deschanel). Em Londres, a atriz cursou a Royal Academy of Dramatic Art e a Royal Shakespeare Company.

O primeiro papel de destaque, no entanto, aconteceu somente 2006. Big Love, que ganhou o nome de Amor Imenso no Brasil, explorava a vida de um homem casado com três mulheres. Foi produzido e exibido pela HBO por cinco temporadas (2006-2011). O papel polêmico de Ginnifer – ela vivia a terceira mulher, Margene – rendeu boas críticas da mídia americana. A experiência com a personagem foi tão profunda que ela precisou, de certa forma, libertar-se do drama. “Ambas de nós temos muita energia. Somos otimistas e românticas. Mas sou bem menos crítica do que ela. Eu leio muito entre as linhas, enquanto ela segue uma única”, disse a W Magazine.

No cinema, a estrela conseguiu pontas em filmes de grande orçamento: interpretou a esposa de Johnny Cash, em Johnny & June (2005), uma das estudantes de Julia Roberts em O Sorriso de Monalisa (2003) e protagonizou O Noivo da Minha Melhor Amiga (2011), ao lado de Kate Hudson.

Leia mais:   Downton Abbey: terceiro filme vai acontecer

O sonho de atuar como uma das princesas da Disney aconteceu em Once Upon a Time (2011-2018), com sete temporadas. Ginnifer dá uma nova abordagem a Branca de Neve, bem diferente das histórias infantis. Independente e corajosa, a personagem realiza um duelo psicológico fantástico com a sua rival, a Rainha Má (Lana Parrilla). Ela assume o papel de salvadora quando, em inúmeras ocasiões, resgata o seu príncipe dos perigos da magia. O colega de elenco, Josh Dallas – ou melhor, Encantado – é também o amor da atriz na vida real. Os dois são casados na vida real e provam que o amor pode sim perdurar atrás das telas.

Goodwin também esteve no documentário Killing Kennedy. Como a primeira dama Jackie Kennedy, a estrela mostrou a habilidade para encarar desafios. “Aos olhos do mundo, nós todos temos uma lado público e privado que queremos manter seguro. Queria que ela [Jackie] encontra-se o seu lugar seguro. Não queria fazer uma impressão da impressão dela”, disse ao site Collider. Confiança e originalidade, esta parece ser a receita de Ginnifer para o sucesso.

Nos últimos anos, Ginnifer Goodwin continuou a expandir sua carreira com projetos variados. Em 2019, ela interpretou o papel de Beth Ann Stanton na série dramática Por Trás de Seus Olhos, baseada no romance de Sarah Pinborough. Sua performance como uma mulher presa em um triângulo amoroso com segredos sombrios conquistou elogios da crítica e do público.

Leia mais:   Sherlock Holmes: as melhores séries do detetive

Além disso, a atriz embarcou em uma jornada animada ao dar voz à personagem Judy Hopps no filme de animação da Disney, Zootopia (2016), um sucesso de bilheteria e vencedor do Oscar. Sua interpretação da determinada coelha policial destacou-se como uma inspiração para crianças e adultos.

Em 2020, ela voltou às telas com a série Why Women Kill, criada por Marc Cherry. Nessa antologia de comédia e drama, Goodwin interpretou o papel de Beth Ann, uma dona de casa dos anos 1960 enfrentando os desafios do casamento e da traição. Sua habilidade em retratar personagens complexos e emotivos mais uma vez cativou a audiência.

Com sua versatilidade e talento contínuo, Ginnifer Goodwin continua a deixar sua marca na indústria do entretenimento, conquistando admiradores com cada novo projeto que abraça.

once upon a time ginnifer goodwin

Ginnifer Goodwin e Josh Dallas são casados na vida real

Séries e filmes com Ginnifer Goodwin

– O Sorriso de Monalisa (2003): Goodwin interpreta uma das estudantes de Julia Roberts nesse drama ambientado nos anos 1950, que explora o conflito entre os papéis tradicionais das mulheres e o desejo por independência e realização pessoal.

– Johnny & June (2005): Neste filme biográfico, Goodwin retrata Vivian Cash, esposa do lendário músico Johnny Cash. O filme segue a tumultuada relação do casal enquanto Cash ascende à fama e luta contra seus demônios pessoais.

– Big Love (2006-2011): Na série da HBO, Goodwin interpreta Margene Heffman, a terceira esposa de um homem envolvido em um relacionamento poligâmico. A série explora os desafios e complexidades desse arranjo familiar, enquanto cada esposa busca sua própria identidade e felicidade.

Leia mais:   Fallout: conheça a série apocalíptica do Prime Video

– O Noivo da Minha Melhor Amiga (2011): Goodwin estrela ao lado de Kate Hudson nesta comédia romântica, interpretando Rachel, uma mulher que se apaixona pelo noivo de sua melhor amiga. O filme segue as consequências dessa complicada situação amorosa.

– Once Upon a Time (2011-2018): Goodwin ganhou destaque como Branca de Neve nesta série de fantasia da ABC, que reimagina contos de fadas clássicos. Branca de Neve é retratada como uma mulher independente e corajosa, envolvida em uma batalha contra a Rainha Má para salvar seu reino.

– Zootopia (2016): Goodwin empresta sua voz à protagonista Judy Hopps, uma coelha policial determinada a provar seu valor em uma cidade habitada por animais antropomórficos. O filme aborda questões de preconceito, inclusão e perseverança.

– Por Trás de Seus Olhos (2019): Nesta série de suspense psicológico, Goodwin interpreta Beth Ann Stanton, uma mulher presa em um triângulo amoroso complicado, onde segredos sombrios ameaçam sua vida perfeita.

Why Women Kill (2019-2021): Goodwin estrela esta série antológica de comédia e drama, interpretando Beth Ann, uma dona de casa dos anos 1960 que enfrenta as complexidades de seu casamento e descobre segredos surpreendentes.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários