Qual é o nome do Capitão América? » Pop Séries

Na encruzilhada entre os quadrinhos e a política, a criação do Capitão América, em março de 1941, é um exemplo notável da capacidade da arte de transmitir uma mensagem ao público em geral. Neste caso, da importância da democracia.

O personagem foi criado por Joe Simon e Jack Kirby para editora Timely Comics (que mais tarde se tornaria a Marvel). Desde a primeira edição, o herói ultrapassou um milhão de cópias vendidas, igualando o sucesso de outros líderes da nova indústria, como o Super-Homem e o Batman.

O sucesso é explicado pelo talento dos dois criadores que conseguiram desenvolver uma marca ao personagem: ação, velocidade, movimento, tantas características que aparecem na capa da primeira edição, onde vemos o herói com o seu escudo atacando Adolf Hitler.

Encarnação viva do sonho americano, líder dos VingadoresSteve Rogers, já assumiu vários papéis em sua longa vida editorial, mas nunca de um homem comum, independentemente de sua formação.

PUBLICIDADE

O nascimento do Capitão América

No início da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos enfrentaram uma situação interna difícil, com uma divisão entre aqueles que eram a favor de entrar na guerra, ao lado dos Aliados, e aqueles que preferiam não participar do conflito.

A opinião pública americana refletiu essa divisão interna, dando origem a um debate público. O mundo dos quadrinhos, que ainda estava na fase de ouro, também entrou na discussão. Nesse período, surgiram muitos heróis identificados como ‘patrióticos no tema’, ou seja, nasceram quase como uma exaltação do sentido patriótico, principalmente em relação ao ingresso na guerra.

Personagens foram usados como inspiração para reforçar a coragem americana e o desejo de não escapar de um confronto considerado não apenas justo, mas necessário. Em 1940, Joe Simon começou a desenvolver um novo herói, o Super-Americano, criando um esboço. Um nome que não durou muito, de acordo com relato do próprio Simon em sua autobiografia: “Não funcionou. Havia muitos ‘super’ na época. Em vez disso, Capitão América parecia melhor, não havia muitos capitães nos quadrinhos. Foi simples.”

capitão américa hq

Primeira edição da HQ do Capitão América

Quando Simon apresentou seu Capitão América ao chefe da Timely Comics, Martin Goodman, ele imediatamente ganhou total apoio, o suficiente para receber uma série independente.

Trailer mostra que ‘Falcão e o Soldado Invernal’ promete honrar o legado do Capitão América

Capitão América na Marvel Comics

Quando a Marvel Comics decidiu dar vida ao seu universo, ela pensou em salvar algumas das figuras lendárias de suas vidas anteriores.

Um personagem como o Capitão América certamente não poderia permanecer como memória e, na verdade, ele foi chamado de volta à ação em novembro de 1963, graças à combinação de Stan Lee e Jack Kirby.

Como Lee explicou mais tarde, a história foi um teste para ver se era o momento certo para Steve Rogers retornar.
Um retorno que aconteceu oficialmente em março de 1964. Em Vingadores #4, a história foi contada sobre seu sacrifício durante os últimos eventos da Segunda Guerra Mundial, em particular o acidente no Atlântico que o levou a permanecer congelado por muitos anos, até a descoberta pelos super-heróis modernos.

Quem é Steve Rogers?

Steve Rogers é um menino frágil do Lower East Side de Manhattan, em Nova York, filho de dois imigrantes irlandeses de ascendência humilde, Sarah e Joseph Rogers. Ele rapidamente fica órfão de mãe e torna-se ilustrador e autor de quadrinhos, antes do início da Segunda Guerra Mundial.

Destinado a se alistar para lutar contra a ameaça nazista, ele foi afastado por causa de seu físico atrofiado. Sua determinação, porém, chamou a atenção do general Chester Phillips, que o via como a cobaia ideal para seu projeto. Aproveitando a fórmula do soro do supersoldado criada pelo Dr. Abraham Erskine, Rogers ganha força superior, agilidade sobre-humana.

Armado com esta nova identidade, Steve é o soldado perfeito, enviado às linhas inimigas para enfrentar o inimigo nazista. Nesta aventura, Rogers enfrenta ameaças incríveis como o Caveira Vermelha, ao lado de figuras heróicas como Nick Fury e os Invasores.

Após uma série de feitos durante a guerra, o Capitão aparentemente encontra a morte quando, no final do conflito, para impedir um ataque do Barão Zemo, ele se encontra nas águas frias do oceano, ficando em hibernação. Ele é ressuscita anos depois pela S.H.I.E.L.D. O Capitão América sempre foi acompanhado por seu amigo de confiança, James ‘Bucky’ Buchanan, em suas aventuras.

Importância do Capitão América

Graças ao sucesso dos filmes do Universo Cinematográfico Marvel, todos agora conhecem a história do frágil Steve Rogers, reformado pelos militares apesar de sua vontade de ferro e pressionado a servir seu país como cobaia de um projeto secreto.

O soro deu ao personagem poderes que o tornaram o lutador perfeito para uma nação em guerra, mas o verdadeiro superpoder de Rogers era algo que ele tinha desde o nascimento: sua alma.

Pop Séries

Pop Séries

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.

Sem Comentários

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Pop Séries. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Pop Séries poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Leave a Reply