The Blacklist: a grande sensação da televisão americana
EspeciaisThe Blacklist

The Blacklist: a grande sensação da televisão americana

Por 25 de novembro de 2013 novembro 22nd, 2020 Sem Comentários
the blacklist 7 temporada

A partir do momento que Raymond “Red” Reddington (James Spader), um dos homens mais procurados mundo, entregou-se espontaneamente ao FBI, a série The Blacklist se transformou na melhor série de drama que estreou na fall season de 2013. Interpretado por James Spader, o protagonista possui uma lista de criminosos importantes e está disposto a entregá-los à polícia, desde que algumas de suas exigências sejam cumpridas. Entre elas estão, a liberdade por seus crimes e o relacionamento direto e exclusivo com a agente Elizabeth Keen (Megan Boone).

A trama, que ganhou uma temporada de 22 episódios, levanta inúmeros e tentadores questionamentos. Por que Red quer entregar seus parceiros de crime para o FBI? Qual a ligação entre o vilão e a agente Keen?

O Pop Séries! preparou uma lista com os principais motivos para você se tornar o mais novo viciado na série.

1 – A atuação de James Spader. Vencedor de três estatueta do Emmy Awards (uma pela série The Practice e duas por sua atuação em Boston Legal), o ator incorpora um vilão ambíguo e cheio de ironia. Red é aquele protagonista persuasivo que todo telespectador odeia amar. “Spader possui o seriado em seu coração. Ele está fazendo o possível para que esse personagem se torne o mais real possível”, afirmou o produtor executivo Jon Bokenkamp.

Confira o guia completo da 1ª temporada de The Blacklist 

2 – O talento de Megan Boone. A parceira de James Spader com a atriz é o principal indicador de sucesso da série. Boone interpreta a agente Elizabeth Keen. Uma jovem que desconhece a história de seu passado e descobre que está casada com um homem que esconde grandes segredos. “James está me apoiando e me ajudando a levar minha interpretação para um nível superior. Nós criamos uma química muito íntima e peculiar”, contou Boone ao TV Guide. Curiosamente, a atriz nunca tinha ouvido falar sobre Spader antes de The Blacklist.

Revelações por Raymond Reddington

3 – Vilões são eliminados em todos os episódios. Red é um homem determinado e não mede esforços para destruir os criminosos de sua lista negra. Em cada capítulo, um novo personagem, com crimes diferentes, é apresentado para o telespectador. “A ideia é excelente. Nós estamos construindo uma galeria de trapaceiros, e ainda alguns deles podem revisitar a história de vez em quando”, comentou o produtor executivo John Eisendrath ao TV Guide.

4 – The Blacklist não é O Silêncio dos Inocentes. Inicialmente, o seriado foi considerado parecido com o filme, lançado em 1991, que mostrava a relação entre uma agente do FBI e o psicopata Hannibal Lecter. Entretanto, os produtores afirmam que há diferenças cruciais. “Red é um homem do mundo, que continua livre e trabalhando com o FBI. Além disso, o relacionamento entre ele e Liz se tornará mais intenso até o fim da  primeira temporada do programa”, ressaltou Bokenkamp.

Alan Alda é escalado para The Blacklist

5 – . A misteriosa relação entre Red e Liz. Além das perseguições do FBI, o show apresenta uma narrativa envolvente entre os dois protagonistas. “Red está sempre sozinho nos episódios, mas possui uma ligação atraente com Liz. Isso permite a desorientação. O telespectador cria suposições que são derrubadas nos episódios seguintes. Isso é excelente”, afirmou Spader.

6 – O parceiro profissional de Liz. Definitivamente, Red é o personagem mais sofisticado e interessante da atração. Entretanto, outros personagens chamarão atenção de Liz. O agente do FBI, Donald Ressler, ganhará destaque ao longo da primeira temporada. “Ele é o cara do FBI que está obstinado com as missões que envolvem a participação de Red”, comentou Diego Klattenhoff. Quanto à possibilidade de se envolver amorosamente com Liz, Klattenhoff confessou: “Ela é uma jovem muito bonita. Eu gostaria de pensar que ele terá uma chance com ela”.

7 – Vale a esperar pelo desfecho. Obviamente, Red guarda grandes segredos que serão revelados aos poucos. “Eu sei que alguns telespectadores gostam de spoilers, mas o suspense da série deve ser mantido em segredo, pelo menos por enquanto. Aposte na história de Red. Você irá se surpreender”, desafiou Spader.

• Por Amanda Negrini

Amanda Negrini

Amanda Negrini

Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Especialista em cultura pop, é autora da tese "A Evolução das cantoras Pop Americanas: a criação de Madonna e a inovação de Lady Gaga".

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.