The Vampire Diaries: crítica da 5ª temporada
CríticaThe Vampire Diaries

The Vampire Diaries traz trama confusa com protagonista irresistível

Por 22 de maio de 2014 dezembro 26th, 2016 Sem Comentários
The Vampire Diaries traz trama confusa com protagonista irresistível

 

 

spoilerQueridinha entre o público adolescente, The Vampire Diaries sempre foi a aposta lucrativa do canal CW. A série, que tem como foco a relação de Elena (Nina Dobrev) com os irmãos Salvatore, chega ao seu quinto ano com uma trama confusa e pouco criativa.

A saída de Klaus do elenco fixo do seriado – Joseph Morgan agora comanda o seu próprio show, The Originals -, abriu caminho para ascensão de um novo vilão em Mystic Falls. A primeira tentativa dos roteiristas foi a de criar uma explicação para a mitologia das cópias. Silas apareceu como a grande promessa para este ano, no entanto, o curso da trama acabou adquirindo um desfecho previsível e pouco convincente. O bruxo-vampiro procurava se reencontrar com antiga namorada, na tentativa de trazê-la de volta à vida. O casal foi amaldiçoado por uma feiticeira a ficarem separados eternamente. Como efeito colateral, a natureza produziu versões dos amantes durante os anos – duas delas, seriam Elena e Stefan.

A busca pela felicidade do vampiro centenário não deu muito certo aos olhos do público. Para quem estava acostumado a uma ameaça maquiavélica e ambígua, como o Original, ficou difícil aceitar a nova empreitada. Talvez por esse motivo o enredo caminhou para outro rumo na segunda parte da quinta temporada. Katharine retornou à cidade para trazer um dos capítulos mais marcantes do ano e também outro visitante paranormal: Markos e a sua seita de viajantes.

Assista ao promo do último episódio da quinta temporada

 

 

the vampire diaries

Com vilões apáticos, Enzo foi uma das poucas surpresas da temporada

 

O episódio de número 100 da série despertou um certo sentimento de nostalgia ao trazer antigos integrantes do elenco original. Além disso, ele foi responsável por um dos momentos mais aguardados dos espectadores: o reencontro de Klaus e Caroline (Candice Accola). A partir daí, a história tomou um rumo mais satisfatório. Damon (Ian Somerhalder) continuou a perseguir o espírito de badboy que lhe é tão característico: roubou a namorada do irmão, escondeu segredos de seus entes queridos e, por várias vezes, recorreu à velhos hábitos. Mas, no final, ele ainda conseguiu o papel de herói, ao salvar os amigos do domínio dos viajantes e ficar preso, no outro plano, com Bonnie.

Veja fotos da visita do elenco da série a São Paulo

O dissolução do mundo espiritual serviu para resgatar da morte Alaric (Matthew Davis retorna ao seriado no sexto ano) e para provar que em The Vampire Diaries a morte é uma simples questão de perspectiva. Ou seja, quando a trama fica morna é sempre “viável” que algum personagem querido do público reapareça inesperadamente. No mais, outra adição promissora é a de Enzo, um dos poucos vampiros autênticos que o show conseguiu apresentar nesta temporada. Finalmente, surge alguém capaz dividir os holofotes com Ian.

Loading...
Julia Benvenuto

Julia Benvenuto

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. É autora da tese "A Revolução dos Losers: como o seriado americano Glee representa a juventude do século 21".

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.