Skip to main content

Produção ficou conhecida no Brasil como Batman e Robin

Exibida entre os anos 1966 e 1968, a série Batman ficou marcada como uma das produções televisivas mais importantes daquele período. De grande impacto cultural, que ressoa até os dias atuais, a trama é estrelada pelos atores Adam West (Batman) e Burt Ward (Robin).

Diretamente baseado no personagem das histórias em quadrinho, um dos heróis mais importantes da DC Comics encontrou um lar televisivo por três anos. Com um formato de longos episódios que eram divididos em duas partes, ao todo o público pode curtir 120 capítulos das aventuras de Batman e Robin.

Constantemente reexibida por canais da TV aberta no Brasil, o seriado ficou marcado por seu forte tom humorístico e por sátiras bem colocadas e bem exploradas.

Embora essa pegada de humor divida opiniões e não tenha agradado a todos, o sucesso de Batman foi inegável e rendeu também um longa-metragem.

Alguns anos atrás, os personagens da série clássica ganharam uma linha de bonecos da Funk Pop, deixando em êxtase a criança interior dos adultos que eram sortudos o suficiente para ter um aparelho de TV em casa naquela época.

Enredo e curiosidades de Batman

Utilizando-se de muito humor e trazendo um estilo visual vibrante, refletindo a estética pop art da época, Batman protagoniza diversas aventuras e diferentes histórias no decorrer dos episódios.

Apesar de ter sido criticada por sua abordagem pouco séria do Cavaleiro das Trevas, a série ajudou a popularizar o Batman entre os não leitores de histórias em quadrinhos e foi primordial para estabelecer uma base de fãs duradoura entre a massa.

  Confissões de Adolescente: onde está o elenco da série hoje

Os episódios geralmente seguiam um formato de capítulo duplo, onde o primeiro terminava com um suspense, levando a audiência a esperar ansiosamente pela conclusão, que só acontecia no próximo capítulo.

O sucesso da produção foi tão grande que acabou rendendo um filme, que foi lançado em 1966. Dirigido por Leslie H. Martinson e roteirizado por Lorenzo Semple Jr, o longa recebeu o mesmo título da série e trouxe para as telonas os mesmos atores principais reprisando seus papéis.

Ambientado em Gotham City, no enredo do longa os vilões Charada (Frank Gorshin), Pinguim (Burgess Meredith), Coringa (Cesar Romero) e Mulher-Gato (Lee Meriweather) dão um show de maldade e armações.

Assim como no filme, a série Batman também ficou marcada por trazer para as telas uma vasta quantidade de vilões do herói. Robin, o fiel companheiro de Batman, ficou lembrado pelo público por sua característica marcante de iniciar as frases usando a expressão “Santo!” ou “Santa!”.

A interpretação de Burt Ward foi tão bem recebida que essas frases foram reaproveitadas nas duas séries animadas que foram produzidas após o fim da série. Até os dias atuais, ainda há quem se lembre e repita a expressão sempre que possível (saiba quais atores já viveram o personagem).

Elenco e personagens de Batman

O ator e dublador Adam West ficou bastante popular na televisão ainda nos anos 1950. Ele interpretou o papel de Bruce Wayne, o bilionário filantropo que se transforma no Batman para combater o crime em Gotham City. Embora sua atuação não agrade a todos os fãs do herói, West trouxe um estilo distinto e uma presença cativante ao personagem.

  Os Bórgias: série é baseada em fatos reais?

Burt Ward foi quem interpretou Dick Grayson, o jovem parceiro de Bruce Wayne que luta contra o crime com a identidade de Robin. Sua química com Adam West foi um dos pontos altos da série, e ele ficou famoso por suas exclamações entusiásticas e por sua energia envolvente.

Tratando-se de vilões, um dos destaques da série Batman foi a aparição do temível Coringa. Nessa versão, foi o ator Cesar Romero quem trouxe uma performance do arqui-inimigo do herói. Uma curiosidade dos bastidores é que Romero se recusou a raspar seu icônico bigode para interpretar o papel, dessa forma, ele era coberto com maquiagem branca.

O ator norte-americano Burgess Meredith interpretou Oswald Cobblepot, também conhecido nos quadrinhos como o Pinguim. Ele deu vida ao personagem criando um tipo de risada única e usando um guarda-chuva, tornando-se um dos vilões mais memoráveis da série.

A Mulher-Gato, uma das personagens mais marcantes e queridas pelos fiéis fãs de Batman, foi interpretada por três atrizes diferentes ao longo da franquia, sendo elas Julie Newmar, Eartha Kitt e Lee Meriwether. Julie Newmar foi a primeira e ficou lembrada por trazer uma mistura de charme e ameaça. Eartha Kitt a substituiu na terceira temporada, oferecendo uma performance cativante, ao passo que Lee Meriwether interpretou a Mulher-Gato no filme homônimo de 1966.

O Charada também teve seu espaço em Batman. A princípio, foi o ator Frank Gorshin quem o interpretou, em seguida dando espaço para John Astin, que o substituiu durante a segunda temporada. Vale ressaltar que nos anos 1960 era muito comum que os atores fossem substituídos em meio às programações, que continuavam normalmente.

  Star Trek: quais atores interpretaram o Capitão Kirk?

Outros notáveis vilões também fizeram aparições em Batman, como foi o caso de Rei Tut, interpretado por Victor Buono. O personagem se trata de um professor de egiptologia que, após um acidente, acreditava ser a reencarnação de Tutancâmon.

Vincent Price, que já era muito famoso por seus papéis em filmes de terror, trouxe uma presença sinistra para o personagem Cabeça de Ovo. Já David Wayne interpretou o Chapeleiro Louco, um vilão obcecado por chapéus e pelo controle mental.

Qual personagem morreu em Batman?

Qual personagem morreu no Batman dos anos 60? 1

Personagem Molly

Embora tenha uma longevidade considerável para a época em que foi produzida, ou seja, o começo dos anos 1960, a série só contou com uma morte oficial durante todos a exibição de seus episódios.

A ajudante do Charada, também conhecida como Molly (Jill St. John), foi a única personagem a morrer nos 120 capítulos de Batman.

O terrível incidente ocorre logo no fim do episódio duplo de estreia, quando a malvada se infiltra na Batcaverna para tentar matar o Homem-Morcego e acaba caindo no reator atômico do Batmóvel.

Trazendo uma reviravolta inesperada, no fim o herói revela que tinha se apaixonado pela moça e que jamais a esquecerá. Fica implícito, de maneira sutil, o motivo de sua opção por uma vida solitária.

Ao longo de todo o seriado, vários outros inimigos foram dados por mortos, a exemplo da Mulher-Gato, mas como é típico de histórias envolvendo super-heróis, todos eles acabavam voltando para novas aventuras.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários