Skip to main content

A série, House of the Dragon, estreia neste domingo (21) na HBO Max

Os dragões da Casa Targaryen aterrissam, mais uma vez, no mundo da cultura pop. O universo de Game of Thrones ganha neste domingo (21) sua primeira série derivada, Casa do Dragão, um prequel de uma das famílias mais interessantes de Westeros.

A trama é baseada no livro Fogo & Sangue, de George R. R. Martin, e conta com a participação de Matt Smith, Olivia Cooke, Steve Touissant e Graham McTavish. Antes de mais nada, é preciso dizer que não há personagens da série original em Casa do Dragão. A história é ambientada 200 anos antes da morte do Rei Louco e do nascimento de Daenerys Targaryen (Emilia Clarke).

A escolha da HBO em abordar a Casa Targaryen no primeiro spin-off de Game of Thrones é uma estratégia minuciosa. O clã tem líderes interessantíssimos, estão acompanhados de dragões fantásticos e as suas origens são um tanto quanto desconhecidas para os fãs de Game of Thrones. Durante oito temporadas, o público acompanhou a incrível jornada de Khaleesi, mas pouco soube sobre seus antecessores. Somente uma informação era repetida incessantemente: a loucura era uma característica da família.

Se em Game of Thrones, o público acompanhava diversos clãs querendo dominar o Trono de Ferro, em Casa do Dragão a disputa é dentro da própria família. A narrativa começa no nono ano do reinado de Viserys Targaryen (Paddy Considine), que aguarda ansiosamente o nascimento de seu herdeiro. Sua filha, a princesa Rhaenyra (Milly Alcock) é uma talentosa jovem que mesmo sendo a primogênita sabe que sua posição será rebaixada pela liderança dos homens. O cenário muda quando a Rainha morre no parto juntamente com o bebê. Devastado, Viserys precisa nomear seu sucessor, sendo seu irmão o nome mais indicado da lista. Entretanto, o soberano hesita na decisão devido ao comportamento megalomaníaco e a ambição de Daemon (Matt Smith). Isso faz com que o Rei transforme Westeros para sempre ao escolher sua filha Rhaenyra para sentar no Trono de Ferro. É neste momento que começa a jornada das poderosas mulheres da Casa Targaryen.

casa do dragão 1 temporada house of the dragon

Matt Smith é o grande destaque de ‘Casa do Dragão’ ao interpretar o megalomaníaco Daemon Targaryen

A impressão é que os criadores de Casa do Dragão – Ryan Condal, Miguel Sapochnik e o próprio George R. R. Martin – optaram por oferecer um programa mais pé no chão, tentando retirar um pouco da pressão do fenômeno global da série original. E essa escolha contribui para uma excelente entrega, com efeitos visuais impressionantes e superiores aos exibidos nos últimos voos de Daenerys.

Leia mais:   Cobra Kai: quando estreia a última temporada?

Ao final do primeiro episódio, um incrível tabuleiro de xadrez é montado, com inúmeras tempestades políticas, quebra de velhas parcerias e traições. Todos os elementos ardilosos que o fã de Game of Thrones espera estarão ali ao seu dispor.

Casa do Dragão (House of the Dragon) tem potencial para ser um sucesso e nos deixar viciados novamente na franquia. O que nos resta é torcer para que a série mantenha uma trama coerente durante as temporadas e nos entregue um final plausível, que reflita a mente tão genial de Martin. Será que temos uma redenção a caminho?

 

Casa do Dragão – House of the Dragon 1ª temporada

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Inscreva-se
Notificação de
guest

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários