No Brasil, Nathaniel Buzolic promove web série de The Originals
EspeciaisThe Originals

No Brasil, Nathaniel Buzolic promove web série de The Originals

Por 17 de outubro de 2014 janeiro 6th, 2017 Sem Comentários
No Brasil, Nathaniel Buzolic promove web série de The Originals 3

 

Foto © Pop Séries!

 

Conhecido pelo papel de Kol Mikaelson, Nathaniel Buzolic esteve no Brasil para participar de uma convenção de fãs em São Paulo. Ele substituiu o ator Michael Malarkey, de The Vampire Diaries, que não pode comparecer ao evento.

Em coletiva à imprensa, Buzolic revelou novidades sobre a produção da web série baseada no passado do personagem. O programa é realizado pela CW e conta com apoio criativo de Julie Plec, a responsável pelo sucesso de The Vampire Diaries e The Originals. “Exploramos o personagem, descobrimos quais são as relações, o jeito que ele é hoje e foi com Klaus, Elijah e a sua irmã”, revela.

Atualmente, Kol participa da segunda temporada de The Originals, mas no corpo de outra pessoa. Ele, juntamente com irmão Finn, foi ressuscitado pela mãe em uma tentativa de corrigir o vampirismo e os erros dos filhos. No entanto, o ator realiza participações na segunda temporada em alguns dos episódios flashbacks.

Veja a conversa que tivemos com o elenco de The Originals na Comic-Con 2014

Buzolic também comentou sobre a sua experiência em trabalhar em Supernatural, no que seria o spin-off da série Bloodlines (cancelado pelo canal por razões criativas). “Foi muito legal filmá-lo”, conta. “Eu cresci assistindo a Supernatural. Lembro que a primeira vez que eu entrei no carro com Jensen e Jared, estava no banco de trás, aquilo foi realmente um momento estranho e pensei ‘eu estou na zona da imaginação?’. Porque eu estava tão acostumado a vê-los na TV.”

Acompanhe os melhores momentos da entrevista a seguir:

Confira novidades e spoilers de The Originals

 

 

Julia Benvenuto

Julia Benvenuto

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. É autora da tese "A Revolução dos Losers: como o seriado americano Glee representa a juventude do século 21".

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.