Skip to main content

 

Continua após a publicidade..

spoilerUmas das séries mais aclamadas pela crítica no ano passado, True Detective exibiu a sua segunda temporada recentemente. Com a premissa de exibir uma nova história a cada ano, o seriado explorou mais um bom trama policial.

Especial de estreia: segunda temporada de True Detective

Continua após a publicidade..

Ambientada em uma cinzenta cidade da Califórnia, três detetives são envolvidos em um caso para desvendar a morte de um importante membro da prefeitura. Ao mesmo tempo, um homem da máfia tenta implantar um negócio lícito na cidade, mas acaba voltando para suas antigas raízes.

Sem utilizar muitos flashbacks – característicos do primeiro ano – o seriado apresentou um enredo interessante com dignas reviravoltas e uma complexidade na construção de seus personagens.

Veja mais informações sobre o seriado

True Detective

Rachel McAdams surpreende em sua atuação em True Detective

Como protagonista, Ray (Collin Farrell) conduziu a história atuando com um homem melancólico, às vezes violento, mas que mostrava plausíveis razões para as suas atitudes. Consternado, ele luta para conseguir a guarda do filho – que não tem certeza de que é seu – enquanto mantém uma relação profissional duvidosa com criminoso Frank Semyon (Vince Vaughn).

A grande surpresa da temporada foi a atuação de Rachel McAdams, a primeira atriz que ganhou a oportunidade de ser protagonista em uma atração dominada pelo sexo masculino. Rachel, que já trabalhou em filmes como Sherlock Holmes (2009) e Meia-Noite em Paris (2011), comprovou seu talento e versatilidade em True Detective, interpretando a policial Ani Bezzerides. Ao mesmo tempo, a personagem mostra uma certa fragilidade sobre seu passado, ela não é intimidada pela violência em que é exposta.

Confira crítica da primeira temporada do programa

Diferentemente da primeira temporada, que exibiu um final feliz aos detetives Rust Cohle (Matthew McConaughey) e Marty Hart (Woody Harrelson), neste ano o desfecho teve tons de realidade e crueldade. Apenas as mulheres da trama sobreviveram e como boas justiceiras elas partiram em busca de vingança para seus amados homens que foram brutalmente assassinados.

Organize sua maratona com o nosso Planner!

Amanda Negrini

Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Especialista em cultura pop, é autora da tese "A Evolução das cantoras Pop Americanas: a criação de Madonna e a inovação de Lady Gaga".