José Padilha irá dirigir série sobre a vida e a morte de Marielle Franco
NotíciasSéries Brasileiras

José Padilha irá dirigir série sobre a vida e a morte de Marielle Franco

Por 9 de março de 2020 Sem Comentários
josé padilha

Além de lançar de um documentário sobre Marielle Franco, a Globoplay irá produzir uma série original de ficção que mostrará a vida e a morte da vereadora do PSOL-RJ. A produção contará com a direção de José Padilha, em seu primeiro trabalho com a Globo.

Ainda sem título, a atração tem estreia agendada para 2021. A previsão é que o programa tenha duas temporadas (com oito episódios cada), sendo que o primeiro ano retratará a origem da ativista até o dia de seu assassinato. O segundo terá como foco os mandantes e, se o caso for concluído, a resolução do crime.

No anúncio realizado pela emissora na última sexta-feira (6), Padilha comentou que o projeto estava nas mãos de uma grande plataforma de streaming. O acordo foi fechado com a Globo visando maior distribuição nacional e o cineasta mencionou que algumas parcerias fora do país estão em andamento. “Tem grafite da Marielle no muro de Berlim, nos muros de Paris. A morte dela foi capa do Washington Post, NY Times e Le Monde. A Marielle não é apenas um símbolo brasileiro. Ela representa valores universais”, afirmou.

Padilha também contou sobre o seu primeiro encontro com Marielle, que por coincidência foi no mesmo dia em que ela conheceu o atual deputado federal pelo PSOL-RJ, Marcelo Freixo. Ela compareceu à uma exibição do documentário Ônibus 174 no Cine Odeon, que foi seguido por debate.

“Até aquele momento, já tinha acontecido algumas coisas em sua vida que a levaram a lutar por justiça social e a defender moradores de favela da polícia violenta”, disse Padilha. “Neste dia, eles se encontraram e a partir daí Marielle foi para política. Não sei se isso estará na série, mas se tiver eu mesmo farei o meu papel. Será a chance de me lançar como ator”.

A produção executiva é de Antonia Pellegrino, que era amiga de Marielle, além de atuar diretamente em sua campanha política. “A história da Marielle não é o único crime que aconteceu no Rio de Janeiro. Mas é sim o único crime capaz de revelar esse esgoto da cidade que a gente insiste em chamar de Maravilhosa, mas que talvez a gente ja tenha que chamar de cidade do crime”, afirmou.

As gravações do seriado, que conta com roteiro de George Moura (Amores Roubados) começam no segundo semestre de 2020.

Loading...
Pop Séries

Pop Séries

A equipe do Pop Séries! reúne as principais notícias e novidades das séries de TV.

Sem Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do POP SÉRIES. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O POP SÉRIES poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.